sábado, 15 de maio de 2021

CANTINHO DA SALA

 


"Retrato de Suzanne Bloch" é a última obra de Pablo Picasso (1881-1973) em sua fase azul, considerada um momento de transição em sua carreira. Entre 1901 e 1904, ele viveu entre Barcelona e Paris, e foi na capital francesa que ele elaborou o retrato de Suzanne Bloch, importante cantora wagneriana e irmã do violinista Henri Bloch.
Ela posou para o artista em seu ateliê, no número 13 da rua Ravignan, em Paris, introduzida pelo poeta e pintor Max Jacob, no fim de 1904.

A obra pertenceu a Suzanne Bloch, tendo sido vendida por seus descendentes, após a morte da mesma, à princesa Sichnowsky, que a manteve em sua coleção particular em Londres. Da capital inglesa, a obra migrou para Lugano, na Suíça, onde integrou a coleção da família Biber. A partir de 1942, a obra esteve exposta na National Gallery of Art, em Washington, onde permaneceu em regime de comodato até 1946. No ano seguinte, foi adquirida pelo Museu de Arte de São Paulo (MASP), com recursos doados por Walther Moreira Salles, fundador do Unibanco, passando a integrar o acervo do museu paulista. 

No dia 20 de dezembro de 2007, por volta das cinco horas da manhã, 3 homens invadiram o MASP, levando a obra Retrato de Suzanne Bloch", além do quadro o lavrador de café de Candido Portinari. Toda ação dos bandidos durou cerca de 3 minutos. As obras estavam avaliadas em mais de US$ 55 milhões. 

Seguindo pistas de informantes, a polícia prendeu um dos responsáveis, Francisco Laerton de Lima. O depoimento dele indicou uma casa em Ferraz de Vasconcelos, na Grande São Paulo. Lá, em 8 de janeiro, foi preso, Robson Jesus Jordão, e os dois quadros foram recuperados, intactos. Presos, os bandidos deduraram o cabeça do crime, Moisés Manoel de Lima Sobrinho, que se entregou nesse dia. Todos foram condenados. 

Em uma entrevista, Moisés disse que o roubo fora encomendado por um colecionador da Arábia Saudita, mas que não iria revelar quem porque sua família havia sido ameaçada de morte.

Contou ainda que havia feito um lista com cinco quadros para que o comprador escolhesse as obras que seriam furtadas. Na seleção de Moisés estavam dois Renoir (As Meninas Cahen d’Anvers e Menina com as Espigas), um Van Gogh (Passeio ao Crepúsculo) e as telas furtadas.

Viver é Perigoso

ROY HALSTON

 


Roy Halston Frowick , simplesmente Halston, estilista americanos que alcançou fama internacional na década de 1970. 

A Netflix está estreando uma minissérie sobre a vida do criador que uniu estilo ao entretenimento.

No início dos anos 1950, enquanto frequentava a Escola do Instituto de Arte de Chicago, Halston começou uma empresa de design e fabricação de chapéus femininos. Sua fama aumentou quando ele projetou o chapéu pillbox que Jacqueline usou na posse de seu marido, o presidente John Kennedy, em 1961.

Quando os chapéus saíram de moda, Halston passou a desenhar roupas. Seus designs minimalistas e limpos foram um fenômeno nas discotecas de meados de meados da década de 1970 e redefiniram a moda americana. A "Newsweek" o tratou como o principal estilista de toda a América.

Ao longo da década de 1970, Halston expandiu sua linha para incluir roupas masculinas, malas, bolsas, lingerie e roupas de cama.

Em 1975, a Max Factor lançou a primeira fragrância homônima da Halston para mulheres.

Também foi convidado pelo Comitê Olímpico dos Estados Unidos para projetar os uniformes dos Jogos Pan-americanos e da Equipe Olímpica americana em 1976.

Em 1977 ele foi contratado pela Braniff Internacional Airways para criar um novo visual para seus comissários de bordo. Ele criou uniformes marrons discretos com um logotipo "H" distinto.

Halston foi muito próximo de Liza Minelli, Bianca Jagger, Angélica Huston, Laureen Bacall, Margaux Hemingway, Elizabeth Taylor, Andy Warhol.

Tomou o barco em 1990, em São Francisco.

Viver é Perigoso  

FOTOGRAFIA DO MOMENTO



Pesquisa do Datafolha divulgada hoje aponta que 49% da população é a favor da abertura de um processo de impeachment de Jair Bolsonaro, enquanto 46% se dizem contrários. 5% não souberam responder.

O Datafolha entrevistou presencialmente 2.071 pessoas em todo o Brasil na terça (11) e na quarta (12). A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos, com nível de confiança de 95%.

Dirão:  O Datafolha descobriu 1.015 comunistas.    

Viver é Perigoso

OLHO NO LANCE !



Cuidem-se : "O Estado de São Paulo", "Folha de São Paulo " e "O Globo".   Na certa, alguém ou alguns, viraram os olhinhos sonhando com momentos semelhantes por estas bandas. 

A Justiça venezuelana, alinhada ao regime do ditador Nicolás Maduro, confiscou no fim da tarde desta sexta-feira (14) o prédio que abriga a sede do "Nacional " principal jornal venezuelano.

A medida é parte da execução da sentença por dano moral decidida em favor do homem-forte do chavismo, Diosdado Cabello - no mês passado, o Tribunal Supremo de Justiça (TSJ) ordenou que o jornal pague US$ 13,4 milhões ao líder chavista. 

A ação cita uma reportagem republicada pelo mais tradicional diário de Caracas sobre a suspeita de envolvimento de Cabello com o narcotráfico.

Viver é Perigoso

DR. PAZU !

 

Viver é Perigoso