Translate

terça-feira, 17 de maio de 2022

ENTREVISTA QUASE REAL


- Senhor Lula, qual a sua proposta, seu projeto de governo, sua equipe ?

-Todos me conhecem. Já estive no poder por oito anos e indiretamente, mais alguns anos, com a companheira Dilma. Vou fazer o que sempre fiz. Quanto a equipe, aguardaremos as indicações do centrão, e claro, não deixaremos no sereno os antigos companheiros.

- Ahãaa...

- Senhor Jair, qual a sua proposta, seu projeto de governo, sua equipe ?

- Em time que está ganhando não mexe. No caso, eu e minha família. Estarei com um general vice, de total confiança. Seguirei, aberto com o povo no cercadinho, nas motociatas, carreatas, barcaciatas. Mudarei a direção da Petrobrás sempre que precisar. Terei o direito de colocar, no tribunal superior, dois novos ministros, claro, extremamente evangélicos e estaremos próximos de obter a maioria.  Assumo o compromisso de continuar caçando comunistas, como se fossem pokemons. Quanto a equipe de trabalho, conto com a volta dos ministros que saíram candidatos e não foram eleitos e lógico, com as tradicionais imposições do centrão. Quanto a política externa, espero que o Putin liquide a fatura da Ucrânia o mais rápido possível.

- Ahãa...

Viver é Perigoso

NÚPCIAS

 


Viver é Perigoso

CABEÇAS DE BAGRE



Nas instruções de vestiário, o grande cidadão Sr. Ditinho Euzébio, à frente do Estrela Azul, esquadrão histórico de futebol do Bairro da Avenida, comentava sobre o time a ser enfrentado e individualmente sobre os adversários e sobre as necessárias marcações individuais. 

Dizia ele: 

- Quanto ao fulano e ao sicrano, dispensem atenções especiais, lembrando sempre: jogador ruim, perna de pau, basta deixar por conta da bola.

Blog: Sábia observação. No quadro atual político brasileiro, basta deixar os pernas-de-pau por conta dos microfones e gravações. Simplesmente mostram o que são: grossos, despreparados. Necessitam de vigilância direta dos seus assessores. E claro, são levados a desmentir e corrigir no dia seguinte, as besteiras proferidas no dia anterior.

Conclusão: pior é que poderão vencer. 

Viver é Perigoso

segunda-feira, 16 de maio de 2022

ÚTIL E INUTIL

 
Escreveu o Ruy Castro na FSP

Fui checar uma informação sobre Louis Armstrong e li que ele se chamava, de verdade, Daniel Louis Armstrong.

A princípio, levei um susto  - escutando, estudando e amando Louis quase que desde o meu próprio parto, como podia não saber disso? Então me lembrei de que sabia, sim. Só tinha me esquecido. E por que esquecera? Porque talvez essa informação não tivesse importância. 

Fui ensinado a acreditar que não existe informação desimportante, mas esta devia ser uma exceção. 

Daí me ocorreu que várias pessoas são famosas por nomes que não constam do registro civil. A querida Fernanda Montenegro, por exemplo, se chama Arlete; Junior, ex-Flamengo, Leovigildo. Angela Maria era Abelim; Dolores Duran, Adiléa; Nora Ney, Iracema; Dick Farney, Farnésio; Tito Madi, Chauki; Cazuza, Agenor. Doris Monteiro é Adelina Doris. E Paulo Francis era Franz Paul; Vinicius de Moraes, Marcos Vinicius; Oswald de Andrade, José Oswald. Mas o que se ganha com saber isso?

Conan Doyle, cujo imortal Sherlock Holmes era a lógica e a razão em pessoa, seguia qualquer charlatão que o convidasse a falar com os mortos. 

Franz Kafka, autor de "O Processo", dava gargalhadas ao ler o que escrevia. 

Dorival Caymmi, o poeta do mar e dos pescadores, não sabia nadar e nunca pescou na vida.

Nelson Rodrigues, o anjo pornográfico, não dizia palavrões. 

Edgard Rice Burroughs, o criador de Tarzan, nunca foi à África. 

E Guimarães Rosa, autor de "Grande Sertão:Veredas", só foi ao sertão uma vez e, mesmo assim, por 15 dias e montado num burrico. 

Você sabia?

Tudo isso é cultura inútil e pode-se encher enciclopédias com ela. 

O problema é: para quê?

Carlos Heitor Cony, sempre cético, fazia-se essa exata pergunta, só que a respeito de qualquer cultura, útil ou inútil. E não tinha ilusões: 

- "Ruy, já tentei jogar a cultura fora. Mas é impossível. Ela boia".

Viver é Perigoso

CONVERSANDO SE ENTENDE



Como diz um amigo velho da Boa Vista, é claro:

- Segundo a história, esse operoso povo nunca diz sim logo de cara. Mas conversando...conversando...se chega num acordo. Bom para ambas as partes.

Sobre o tema:

O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, confirmou hoje que se opõe à entrada de Finlândia e Suécia na Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte).
A manifestação ocorre após autoridades dos dois países terem declarado a intenção de ingressar no grupo, citando sua proximidade territorial com o país eurasiático. A entrada na aliança requer consentimento unânime dos 30 Estados-membros do bloco militar - e a Turquia é um deles.

Viver é Perigoso

JANJA, SÓ LOVE !


Viver é Perigoso

COELHO FRITO

 

Viver é Perigoso

PATO (S) !


Caí feito um pato na lorota da Terceira Via. Era só uma manobra dos partidos para negociar o butim com Lula ou Jair Bolsonaro. E eu, estupidamente, acreditei nela.

Mais grave do que ser um pato é não pedir desculpas pelos próprios erros. Que eu me lembre, não fiz isso até agora. O pedido de desculpas, portanto, tem de ser duplo: por ser um pato e por não ter pedido desculpas imediatamente.

Diego Mainardi


Viver é Perigoso