Translate

quarta-feira, 19 de junho de 2024

NO PARQUE MUNICIPAL



O HardTech está reunindo diversos membros do ecossistema de inovação brasileiro para discutir temas sobre empreendedorismo inovador, em Itajubá, no sul de Minas. A programação, que teve início na segunda-feira (17/6), vai até quinta-feira (20/6).

A primeira edição do HardTech Innovation é promovido pela Associação Itajubense de Inovação e Empreendedorismo (INOVAI) e idealizado junto ao Sebrae-MG. A estimativa é que mais de duas mil pessoas passagem por dia ao evento, além de alunos envolvidos nos projetos que participam com as escolas.

Viver é Perigoso

PODES CRER

 


O que acabou com Moro foi a sua voz.

Anônimo

Viver é Perigoso

CHICO 80


 Viver é Perigoso

terça-feira, 18 de junho de 2024

NEM E NEM



Nova pesquisa do Datafolha mostra que a aprovação ao trabalho do presidente Lula se manteve estável ante a rodada anterior, realizada em março, oscilando de 35% para 36%. Já a reprovação foi de 33% para 31%, enquanto o regular passou de 30% para 31%.

Apesar da margem de erro de dois pontos percentuais para mais ou menos, que indica a estabilidade no quadro geral, o empate técnico entre quem considera Lula ótimo/bom e ruim/péssimo do levantamento passado deu lugar a uma leve melhora em favor do presidente.

Folha

Viver é Perigoso

MERCADO LÓGICO



LIXO UM PROBLEMÃO AMBIENTAL

Lixo é energia e recursos naturais fora de lugar”.

“Lixões e aterros a céu aberto geram metano CH4. 30 vezes mais poderoso como gerador do Efeito Estufa que o CO2”

“Em 2022 no Brasil , foram produzidas 81,8 milhões de toneladas de resíduos nas áreas urbanas. O equivalente a 224 mil toneladas diárias. Cada indivíduo gerou em média 381 kg por ano, o que representa mais de um quilo de lixo por dia.”

“A reciclagem transforma coisas em outras. O que é quase mágico”

A Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) foi criada pela Lei 12.305 de 2010. Portanto já tem 14 anos. Mas continua atual. É uma das mais modernas do mundo.
Dentre as suas 15 premissas básicas destacamos:

1-Prevenção e redução na geração dos resíduos
2-Consumo Sustentável
3-Reciclagem
4-Destinação ambientalmente correta
5-Logística Reversa. Responsabilidade compartilhada dos geradores. Fabricantes. Importadores. Comerciantes. E consumidores
6-Incluí os catadores na reciclagem e na logística reversa
7-Manejo adequado para reduzir as emissões de gases estufa.

Primeiramente tentaremos analisar a Logística Reversa.

Logística Reversa é um conjunto de ações. Procedimentos e meios destinados a viabilizar a coleta. E a restituição dos resíduos sólidos ao setor empresarial. Para reaproveitamento.
Ou: quem gera e comercializa tem que participar da responsabilidade compartilhada pela destinação do resíduo gerado.

Alguns linhas de produtos já parcialmente implementadas na Logística Reversa: Agrotóxicos/ suas embalagens. Baterias e pilhas. Componentes Eletrônicos. Embalagens de aço. Embalagens plásticas. Lâmpadas. Remédios. Pneus. Óleos Lubrificantes. Latinhas de alumínio.

O governo – Ministério do Meio Ambiente - prepara decretos e portarias para normatizar melhor as responsabilidades. Existem entidades gestoras contratadas por empresas para atuarem na logística. E cooperativas. Mas não há obrigação legal bem definida. Só metas voluntárias. E os números e relatórios apresentados são discrepantes. 

O chamado greenwashing [falsas alegações sobre sustentabilidade e circularidade] superestima os resultados Por isso o Brasil está muito atrasado na área. Enquanto a Europa Ocidental recicla 56% dos seus resíduos o Brasil só recicla 4%!!!

Boa parte disso como dissemos devido à pouca implantação efetiva da lei. Cooperativas de catadores ainda são em número muito pequeno.

O modelo de adesão voluntária para empresas se esgotou.

Mercado-Lógico

Viver é Perigoso

JUÍZO MOÇADA

 


" A moda passa. O ridículo fica "

Millôr

Viver é Perigoso

LIVRO, PRESENTE DE AMIGO

 


Interessante, para nós jurássicos, ler um livro de crônicas publicadas em jornais diários dos anos 2000 e 2003. Já lá vão vinte anos.

"O que as mulheres procuram na bolsa" - Joaquim Ferreira dos Santos -  Editora Record - 156 páginas.

Trouxeram lembranças. Adianto uma delas:  "Travesseiro de Areia "  

"...já não se faz mais presente em nossas praias o travesseirinho de areia. Trata sobre a arte das moças chegarem na praia e ir empurrando a areia com os pés, formando um monte de tal maneira anatômico que em seguida nele você deitasse a cabeça. O travesseiro de areia deveria ser coberto de início com uma esteira. Mas como todos sabem, já não se vai mais à praia de esteira. Depois com uma toalha. Parece que começaram a roubar as toalhas. Hoje as moças vão de cangas para a praia. A minha tese para explicar o fim do travesseirinho, e acho que é assunto sério o suficiente para virar tese, é que ele estava prejudicando a exibição da nova anatomia feminina. As mulheres ficaram mais arrebitadas de uns tempos para cá. O montinho de areia concorre com esse arrebitar esculpido nas academias e que precisa ser exibido, sem concorréncia, na praia. As gatas perceberam que, deitadas totalmente no plano, ficam mais arrebitadas. Pensando bem, principalmente olhando bem, chega de nostalgia. O travesseirinho de areia atravancava o progresso. "

Viver é Perigoso

UM HOMEM E UMA MULHER


Viver é Perigoso