quarta-feira, 30 de setembro de 2015

ORÇAMENTO A MODA PT

 
 
O governador Fernando Pimentel (PT) enviou à Assembleia Legislativa na tarde desta quarta-feira a proposta orçamentária para 2016 prevendo um déficit de quase R$ 9 bilhões para o ano que vem. Os números, apresentados pelos secretários de Planejamento e Gestão Helvécio Magalhães e da Fazenda, José Afonso Bicalho, apontam uma previsão de receita de R$ 83.099.833.747 e de despesas da ordem de R$ 92.020.716.104.
 
Blog: Além do absurdo, estão aumentando hoje o ICMS de diversos produtos. Os governos petistas, federal e estadual, já estão aptos para organizar festas de formaturas do segundo grau. Estamos devidamente lascados.
 
Viver é Perigoso

CANTINHO DA SALA

Vincent Van Gogh

PASSOU DO LIMITE

 
Governo petista não causa só indignação. Passou a causar vergonha.
 
Clarin da Boa Vista

OTÁRIO !


BANCO DE ITAJUBÁ


Mandaram uma foto de um exemplar do Banco de Itajubá, instalado na Praça Theodomiro Santiago. Aparentemente muito bem feito e de material de primeira.
Mas reservo-me o direito de não gostar. Se deram um toque de cemitério com a distribuição a granel, de granito pela Praça, agora completaram com um ar de igreja.
É o gosto de cada um.

Viver é Perigoso

MOÇA BONITA

Jacqueline

DE VOLTA PARA CASA



De volta para casa. Na Boa Vista, é claro. Um ano mais velho.
Não me rendo não.
A munição acabando.
Os adversários, numerosos, gordos e bem armados.
Por aqui, não tenho quase nada para perder
O que querem me tirar não conseguirão jamais
Está dentro. Bem guardado.
É o jeito de ser.

John Chair

terça-feira, 29 de setembro de 2015

segunda-feira, 28 de setembro de 2015

SOB A LUZ DE VELAS


"O sol há de brilhar mais uma vez
A luz há de chegar aos corações
Do mal será queimada a semente
O amor será eterno novamente
É o juízo final, a história do bem e do mal
Quero ter olhos para ver a maldade desaparecer"

Elcio Soares e Nelson Cavaquinho

MOÇA BONITA

Mila

COMÍCIO EM NEW YORK


sexta-feira, 25 de setembro de 2015

ÉRAMOS SEIS !


Diante da opinião pública:

O fraco treme.
O louco afronta-a
O sábio julga-a
O hábil dirige-a

Jean Marie de la Platiere

JURASSIC WORLD

 
A insistência da Prefeitura  de Itajubá em se desfazer de imóveis do município vem dando o que falar. O caso da troca das instalações industriais da Cabelte pela construção de um teatro municipal, em tese, foi interessante. 
Em tese, porque hoje estamos sabendo que não constaram da negociação alguns itens básicos para funcionamento de um teatro. Som, iluminação e hidráulica de palco. 
Talvez tenha faltado assessoria ao Prefeito na hora de fechar o negócio. Insisto, que ainda é possível a assinatura de um aditivo, acrescentando como obrigatoriedade do Grupo Plasinco, a instalação dos itens faltantes, que são, para o poder público, no momento, de elevado valor.
Somente uma situação desesperadora poderia justificar a venda de prédios e terrenos do município. Imagino não ser o caso.
Desde a época do experiente Super Secretário Adilson Primo, todos tinham conhecimento que tempos bicudos surgiriam no horizonte. Era hora de planejar e determinar rigorosamente as prioridades. Trazer os custos das obras nas pontas do lápis, renegociar contratos e o óbvio ululante: reduzir o exército de assessores.
Tudo indica que os devidos cuidados não foram tomados.
Não aceitamos, nós conservados dinossauros, e temos nos manifestado sobre o assunto no decorrer dos tempos, o simples desfazer de bens públicos para reforço de caixa.
Definitiva confirmação de incapacidade administrativa.
Até aceitaríamos, dadas as condições caóticas da economia brasileira, gestos e ações criativas, como a troca dos imóveis listados para venda por projetos de construção de creches, reformas integrais de escolas e obras de infraestrutura, tudo em operações casadas.
Por exemplo, um terreno no valor de R$ 2 milhões pela construção de uma creche, mobiliada, etc, de acordo com projeto oficial, com prazo determinado para construção.
Um pacote total, público e do conhecimento geral. Ficaria mais em conta (tudo para os governos custam mais caro).
Deixar ideias no ar...ninguém mais acredita.
Nada difícil.
Poderemos, continuar acompanhando o desenvolvimento da cidade mantendo o nosso discurso do passado (e atual), sob o argumento de que não estamos vendendo desfazendo.
Estamos trocando com vantagens para a população.
Não se trata de utopia e nem significa perda de poder.
Simplesmente adequação aos novos tempos.
 
Continuamos em oração.
 
Viver é Perigoso  
  

CANTINHO DA SALA

Diego Rivera

MOÇA BONITA

Bar Refaeli

NUNCA SE CULPE

 
Silvia Marques, escreveu para Obvious.
 
Nunca se culpe por ter amado. Por ter confiado. Por ter ajudado. Nunca se culpe por acreditar na bondade humana, na amizade verdadeira, no amor eterno. Nunca se culpe por pagar as contas em dia, ser dedicado ao seu trabalho, honrar seus compromissos. Nunca se culpe por dizer a verdade construtiva e pregar pequenas mentiras a fim de não magoar as pessoas. Nunca se culpe por algo que não deu certo apesar de todo empenho empregado. Nunca se culpe por fazer a coisa certa.
Amou e não foi amado? Paciência. Acreditou que tinha um amigo de verdade e não tinha? Azar do falso amigo que perdeu o seu carinho e atenção. Ajudou alguém e recebeu ingratidão? O problema não está com você com certeza.
Por alguma razão que não sei explicar algumas pessoas ficam ressentidas quando são amparadas e transformam o gesto de carinho em uma arma contra quem as ajudou. Uma espécie de sentimento de inferioridade. Uma raiva forte por ter dependido da bondade alheia. A tristeza por deparar-se com as próprias limitações. Limitações comuns à raça humana. Ninguém é autossuficiente.
Se o outro mentiu, não é você que deve se sentir magoado. Se o outro foi desleal, não é você que deve se sentir traído. Se o outro foi ingrato, não é você que deve se sentir tolo. Tolo é quem não consegue ver a beleza da solidariedade. Tolo é quem acha perda de tempo ajudar as pessoas. Tolo é quem se acha superior aos outros, autossuficiente. Tolo é quem ignora o sofrimento alheio. Tolo é que nunca se permitiu acreditar em nada e deixa a vida passar sem cor, sem odor, sem gosto.
Pode soar como loucura ou poesia barata, mas tolice é deixar de viver, de amar, de acreditar, de se entregar aos sentimentos, sensações e desafios da vida. Tolice é deixar de amar por medo de ser desprezado. Tolice é deixar de fazer uma prova por medo de ser reprovado. Tolice é deixar de fazer um convite por medo de ouvir um não. Tolice é dizer que nada muda no mundo por preguiça de arregaçar as mangas.
Sim, estamos no mundo para sofrer por amor, para sermos enganados por nós mesmos e pelos outros, manipulados, ignorados, mas também amados, queridos, acolhidos. Estamos no mundo para rir de nós mesmos, da nossa ingenuidade, dos absurdos que dizemos quando estamos tristes, confusos e sozinhos.
Estamos no mundo para ganhar e perder. Ganhar aprendizado perdendo o que julgamos mais querer. Estamos no mundo ao sabor das intempéries da natureza e precisamos aprender a nadar na marra quando formos arremessados no mar das incertezas. Viver é não saber. É não entender. É perdoar ...é se perdoar e seguir em frente. Nunca se culpe por fazer a coisa certa.
Silvia Marques
 
Viver é Perigoso
 


 

FATIANDO A LAVA-JATO


quinta-feira, 24 de setembro de 2015

SOB A LUZ DE VELAS

 
 
Aquele que procura a salvação das almas, sua e do próximo, não deve procurá-la nas avenidas da política.

Max Weber

OS INTOCÁVEIS !

Até hoje não entendi, ou melhor, entendi muito bem, o motivo para tantos melindres para com o judiciário. Um experiente amigo sempre diz: "...melhor não mexer com os homens de preto. Caso você caia na justiça por alguma razão, você está lascado."
Não creio. Ou melhor, até creio.
Ricardo Kotscho, contrariando a regra tocou no assunto.
 
"O caro leitor teria conhecimento de alguém em sua família que já recebeu auxílio funeral? Não? Então, certamente, não tem nenhum parente magistrado, desses que são chamados de meritíssimos.
Pois esta é apenas uma das várias mordomias dos ilustres togados, em benefícios que vão muito além do respeitável teto constitucional de R$ 33,7 mil de salário mensal, estabelecido para o funcionalismo público dos três poderes.
Auxílio educação, auxílio funeral, auxílio transporte, auxílio moradia, verbas para passagens e diárias, entre outras despesas extras pagas com dinheiro público, virou uma farra. O custo destes chamados "penduricalhos" é de R$ 3,8 bilhões por ano, elevando os gastos anuais do Poder Judiciário para um total de R$ 61,2 bilhões.
Para se ter uma ideia de grandeza, este valor corresponde a duas vezes o deficit fiscal (R$ 30,5 bilhões) apresentado pelo governo na proposta orçamentária para 2016, que levou o governo a anunciar um novo pacote econômico na semana passada.
Entre outras medidas, o pacote prevê um corte das emendas parlamentares igual ao valor das mordomias dos magistrados, segundo dados do relatório "Justiça em Números", divulgado pelo Conselho Nacional de Justiça e revelado nesta segunda-feira pelos repórteres Italo Nogueira e Marco Antônio Martins.
Em tempos de ajuste fiscal e intermináveis discussões sobre o corte de despesas no orçamento federal, curiosamente o Judiciário, e também o Legislativo, não param de aumentar seus gastos, como se fossem poderes de um outro país que nada em dinheiro.
Ainda esta semana, o Congresso vai votar os vetos da presidente Dilma Rousseff a projetos que aumentam os gastos públicos _ entre eles, o que concede um reajuste médio de 59,9% aos servidores do Judiciário, nos próximos quatro anos, o que representa mais R$ 25,7 bilhões.
É claro que os nobres parlamentares e os magistrados precisam de recursos para bem exercer suas funções, mas cabe uma singela pergunta: será que precisam mesmo de tanto, não dá para cortar um pouco em vez de aumentar os gastos?
Se o Executivo não para de anunciar que está cortando na própria carne para poder aprovar o pacote fiscal com criação e aumento de impostos, por que os outros poderes, sustentados com os mesmos recursos do Tesouro Nacional, não podem também contribuir com a sua parte? E ninguém fala nisso."
Ricardo Kotscho
 
Viver é Perigoso

MOÇA BONITA

Doutzen

BURRICE E INCOMPETÊNCIA

 
Elevar impostos e desfazer de bens públicos são claros sinais que indicam incompetência e burrice. Estamos assistindo essa desfaçatez nos governos federal, estadual e no municipal. O primeiro passo, mesmo antes de crises, seria reduzir custos, reprogramar investimentos, enxugar a máquina, etc. Orientações constantes desde as primeiras cartilhas do Grupo Escolar Rafael Magalhães, na Boa Vista, é claro. 
 
Corre em Belo Horizonte (Hoje em Dia):
 
"Um pacote de aumento de impostos se encontra em vias de ser aprovado pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais  e vai tirar do bolso do consumidor e do empresário, e até mesmo de entidades filantrópicas, para engordar o combalido caixa do Executivo estadual, que projeta fechar este ano em déficit de R$ 10 bilhões.
Produtos como cerveja, smartphones, perfumes e outros considerados supérfluos terão a alíquota de ICMS reajustada. Com a economia em recessão, a medida acarretará, segundo especialistas, arrefecimento no consumo e na produção industrial, gerando ao final deste ciclo o temido desemprego.
A medidas propostas pelo governador Fernando Pimentel se dividem basicamente em duas.
A primeira consiste no aumento de dois pontos percentuais nas alíquotas de ICMS para 11 classes de produtos.
A outra prevê aumento de 18% para 25% das alíquotas sobre energia para consumidores de “classe comercial, serviços e outras atividades”, onde estão incluídas igrejas e entidades filantrópicas, como a Santa Casa de Belo Horizonte, por exemplo, que mensalmente realiza mais de 4 mil consultas médicas.
O Projeto de Lei 2.817/2015 tramita em regime de urgência, o que abrevia sua passagem pelas comissões da Casa.
O Plenário da Casa, onde o governo tem maioria dos votos, é quem decide qual texto será votado"
 
Oremos.
 
Viver é Perigoso
 
 

PEGANDO A LAÇO

 
Turista que tirava fotografias com a esposa em frente ao Palácio do Planalto foi surpreendido com um convite para ocupar o cargo de ministro das comunicações. Como não aceitou, foi lhe foi proposto assumir o ministério da pesca. Justificou-se pela recusa alegando ter uma padaria no interior de São Paulo.

Clarin da Boa Vista

DIFERENÇA ENTRE BIRRENTO E PARTICIPATIVO COM OPINIÃO

 
Uma coisa é você ser contra uma ou todas as ações do Prefeito, porque você é contra o Prefeito.
Outra coisa é você não ser contra o Prefeito, mas contra algumas ou muitas ações do Prefeito.
 
Viver é Perigoso

CURTAS HISTÓRIAS

 
Incentivados seguiam céleres rumo ao abismo. Alertados, olharam, pensaram e seguiram em frente. O incentivador sorriu.

Viver é Perigoso

PIZZA A JATO

País de merda. Quando a gente pensa que agora a coisa vai; vai sim; vai virar pizza mais uma vez. Investigue o STF, Sérgio Moro !!!!
Sponholz

Viver é Perigoso

quarta-feira, 23 de setembro de 2015

MENINOS DA BOA VISTA

 
Na última segunda-feira, dia 21/9, comemorou-se (?) 59 anos da inauguração da primeira piscina da terrinha. A do batalhão não conta. Era para pouquíssimos privilegiados. Nem mesmo os soldados (fui um deles) podiam utilizá-la. Limpar sim, e no capricho.
Para os meninos da Boa Vista foi um encanto.
Nos domingos ensolarados, logo após o encerramento da missa das 10, na Igreja de São José, na Boa Vista, é claro, assim que as mocinhas bonitas do Morro Chic passavam, um bandão lotava o ônibus da Auto Viação Itajubá, que pertencia ao Sr. Max Herren, em direção ao Pacatito.
Objetivo único da missão: Conseguir vislumbrar pelas frestas do alambrado a sereias nadando e tomando sol.
Afinal, Virgílio, Dalton, Gilbertinho, Sócrates, José Cláudio e outros, só tinham visto, até então as pernas da Jane do Tarzan, nas matinês do Cine Paratodos.
Os administradores dificultavam o máximo acesso a paisagem.
O momento culminante das manhãs domingueiras acontecia quando uma escultural loirinha, possivelmente filha de algum oficial do exército, subia no trampolim, erguia os braços, respira fundo e saltava para o abismo.
Abismo, porque para o bando de aloprados da Boa Vista, a serei levava séculos para atingir a água. Bocas abertas, olhos estalados, respirações interrompidas e ocasionais fugas de sentido.
Numa segunda-feira, após um desses fenomenais domingos, encontrei na Sorveteria do Sr. Edgar com a princesa do trampolim.
Uma mignon Marilyn Monroe vestida com o uniforme do Colégio da Irmãs. Baixei os olhos envergonhado, ou talvez para conferir que era ela mesmo.
Bendita hora em que a saudosa LIF - Liga Itajubense de Futebol, programou jogos do Campeonato Itajubense de Futebol, disputado também pelo excelente time do Fábrica de Armas, para os domingos pela manhã. Da arquibancada do campo de futebol era perfeita a visão da piscina.
Assustadoramente aumentou a frequência nas partidas do Fábrica de Armas realizadas no local.
Marmanjos e moleques assistiam as eletrizantes partidas de costas para o campo de futebol. Após encerrado o confronto futebolístico, procuravam tomar conhecimento do resultado da partida.
Não, claro que não. Não somente as moças do Pacatito frequentavam a piscina. A fina flor, a nata da sociedade, também se fazia presente.
Era a vida...
 
Viver é Perigoso 
 

SEM DESTINO


MENINO DO RIO

 
Deu na Folha:
"O presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves (MG), usou aeronaves oficiais para realizar 124 viagens ao Rio de Janeiro nos sete anos e três meses que governou Minas Gerais (2003-2010), de acordo com relatório produzido pelo atual governo mineiro, comandado pelo PT.
O relatório mostra uma média de 1,4 viagem por mês ao Rio e a outras cidades fluminenses, como Búzios e Angra dos Reis.
A maioria das viagens foi entre quinta e domingo. Também há em 2008 e 2009 seis passagens para Florianópolis, onde morava a namorada e hoje mulher do tucano, a ex-modelo Letícia Weber.
A planilha informa, por exemplo, um deslocamento a São Paulo, Rio e Florianópolis em 19 de fevereiro, quinta da véspera do Carnaval. Colunas sociais de Florianópolis registraram fotos do então governador em uma festa acompanhado de Letícia.
Consultada pela Folha, a especialista em direito administrativo Polyanna Vilanova diz que a jurisprudência do STJ (Superior Tribunal de Justiça) aponta que o uso de carro oficial para fins particulares é improbidade administrativa. Ela ressalva, porém, que a jurisprudência não é específica sobre o uso de aviões."
 
Blog: Não deveria acontecer, mas todos os ocupantes de importantes cargos públicos fazem uso de aviões do governo para se deslocar em viagens de interesse particular. Nas quintas, sextas e domingo, revoadas de jatinhos da Força Aérea e de governos estaduais riscam os céus do Brasil. Presidente, ministros, governadores e outros menos votados.
Vão matar a saudade da família, rever os eleitores e tomar um solzinho.
O trouxa do povo está aí para pagar.
Alguns, ,mais descompromissados, costumam viajar em aviões de empreiteiras. Nós pagamos do mesmo jeito.
No caso do Aécio, realmente, foi demais. Seria o caso de levantar a finalidade de cada voo e, no caso de viagens de lazer, mandar a conta.
Curiosidade, desta vez por rodovias. Os vereadores e assessores da terrinha viajam uma barbaridade. A diárias recebidas já fazem parte do orçamento. O que conseguiram até hoje com esse beija-mão em Belo Horizonte ? De concreto, de positivo, talvez nada.
Uns quilinhos a mais devido aos pastéis da "Vaquinha".
Como dizia Sérgio Porto:
Ou restaure-se a moralidade ou  locupletemo-nos todos.
 
Viver é Perigoso 

Compartilhe

terça-feira, 22 de setembro de 2015

ÉRAMOS SEIS (OU MEIA -DÚZIA)

 
O Prefeito, desde a sua posse, menciona  os já famosos "meia dúzia" de insatisfeitos, mal humorados, pessimistas, que atravancam o progresso da cidade.
Trabalham contra os interesses maiores da comunidade.
Enfim, descobertos e identificados:
Rui, Tiãozinho, Fernando, Valdomiro, Joel e Robson.
 
Juízo moçada. Ainda dá tempo !

Viver é Perigoso

LA HEMOS CAGADO POR COMPLETO

El jefe de Volkswagen en Estados Unidos, Michael Horn, pidió disculpas insistentemente y de forma expresiva por el escándalo de las emisiones de sustancias contaminantes de sus coches de gasóleo que estalló elviernes de la semana pasada y se comprometió a recuperar la confianza de los consumidores estadounidenses.
La hemos cagado por completo", dijo tras admitir el engaño: "Hemos sido deshonestos con la EPA [la agencia de protección medioambiental], hemos sido deshonestos con el consejo de la ARB [la agencia que se ocupa de la calidad del aire en California], hemos sido deshonestos con todos ustedes".
 
El País

SEGUINDO PARA BREJO



PMDB estuda dar algum Ministério para a Dilma.

Clarin da Boa Vista

BEAU GESTE !

 
Necessário registrar o belo gesto de dois vereadores da Câmara Municipal de Itajubá. Entenderam que são representantes do povo e como tais, demonstraram estar atentos ao clamor popular.
Falamos do Wilson, que por duas ocasiões mudou corajosamente o seu posicionamento.
A primeira vez foi por ocasião do destemperado Projeto do Professor Rui, que previa a legalização do martírio de animais em rodeios.
Foi bom e o valorizou ainda mais.
A segunda, num gesto nobre, quando da realização da histórica Audiência Pública sobre o número de vereadores. Foi ao púlpito, reconheceu as dificuldades do momento e mudou sua posição para a manutenção de 10 vereadores.
Hoje, aconteceu o mesmo com o Vereador Zé Maria Bão.
Do lado da população estão hoje o Presidente Santi, o Dr. Ricardo, Wilson e Zé Maria.
Faltam três.
Creio que, para essa batalha, os Vereadores Rui, Joel e Fernando, podem ser esquecidos. A esperança fica depositada no Pastor Sebastião Silvestre, Valdomiro e Robson.
Ou seja, só o Prefeito pode salvar a pátria.
 
Oremos.

Viver é Perigoso  

É DISCO QUE EU GOSTO


QUESTÃO DE TEMPO


segunda-feira, 21 de setembro de 2015

SOB A LUZ DE VELAS



Eu não brigo para ganhar. Eu brigo porque tenho razão.

João Saldanha

VENTOS DE GUERRA

 
Melhorou para um e piorou para outro. As eleições municipais do próximo ano serão as primeiras em que os limites de gastos serão definidos por lei, e não pelos próprios partidos e candidatos.
Servirá como parâmetro, em cada cidade, o maior gasto registrado por candidato a prefeito na eleição de 2012, em valores corrigidos pela inflação. O teto de 2016 será equivalente a 70% desse valor, nas cidades com turno único, como é o caso da terrinha.
Segundo o Estadão Dados, a terrinha, com 70.769 eleitores, o valor máximo a ser gasto deverá ser de R$ 409.082,00 (obs 1), que é demasiado para uns e pouco ou razoável, para outros.
Lembrem-se:
Estarão proibidas as tradicionais doações feitas por empresas. Ajuda financeira somente do Partido (esqueçam, porque nunca ajudam ninguém do interior) ou de pessoa física (mais difícil com a crise).
Pessoas físicas poderão doar até 10% da renda bruta a ser declarada este ano.
Itajubá é costume o candidato a prefeito ajudar com santinhos, carro ou moto de som e até um extrazinho, os seus candidatos a vereadores.
Aliás, o teto de gastos pelos candidatos a vereadores seguirá a mesma norma, ou seja, gasto (investimento ?) de 70% do maior gasto por um candidato ao mesmo cargo nas eleições de 2012. (obs 2) 
Se a lei, estipulando a quantidade de 17 vereadores permanecer, a coisa ficará difícil em termos de gastos, pois a tendência será aumentar o número de candidatos.
Na cidade, historicamente, com 20.000 votos o candidato a prefeito tem grandes chances de ser eleito. Numa conta feita em cima dos joelhos mostrará que a "brincadeira" custará em torno de R$ 20,00 por voto.
De qualquer modo, alguns ficarão contentes e outros preocupados com a notícia.
 
É a vida

Observação 1 - Foi considerada a soma dos gastos do candidato, do comitê financeiro e da direção partidária. Se o TSE considerar que o cálculo de 70% será feito apenas com base pelo gasto feito somente pelo candidato, o valor cairá muito.

Observação 2 - Estamos estudando os gastos dos candidatos a vereadores de 2012. 

Viver é Perigoso

NEM PENSEM !

 
O governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, garante para aliados que a mobilização iniciada pelos governadores pela aprovação da nova CPMF vai ganhar apoio nesta semana, com a entrada em cena dos prefeitos.
São os melhores cabos eleitorais dos deputados e vão fazer pressão nos deputados e senadores.
O cenário é de crise total no interior. Centenas de prefeituras paralisaram suas atividades em metade do dia, por falta de recursos. O Estado da Paraíba pode parar todas as 217 nos próximos dias.
 
Blog: Só falta !
 
Viver é Perigoso

SESSÃO DA TARDE

 
Estava previsto para a sessão de hoje à tarde, da Câmara Municipal, a votação em primeiro turno do projeto reduzindo de 17 (já aprovado) para 13 vereadores.
O projeto, de autoria do Vereador Zé Maria Bão, foi retirado de pauta (cancelado). Será apresentado um novo projeto com 10 vereadores. Assinaram, o próprio Zé Maria, Santi, Wilson e Dr. Ricardo.
Conseguiram jogar o assunto para mais adiante.
Um pequeno detalhe: Agora os vereadores Rui, Joel, Sebastião, Fernando, Robson e Valdomiro, terão que votar e publicamente dizer não a vontade da população.
Aguardaremos para noticiar e publicar o atestado de óbito político daqueles que insistem em defender  causa própria.
Oremos.
 
Viver é Perigoso
 
   

DIA DA ÁRVORE


MISTURA INDIGESTA

 
Recentemente, numa de suas exclusivas entrevistas concedidas, o Prefeito Rodrigo Riera, disse não acreditar numa possível composição, em eventual disputa política local, do PSDB com o PT. Afirmou que seria como adicionar ketchup no pé-de-moleque.
Sua observação, na ocasião que foi feita, fazia todo o sentido.
Hoje, não mais.
O eleitorado itajubense poderá sim ter a sua disposição o interessante prato. Não que exista chance dos partidos mencionados se aproximarem. Mas as pessoas, se adequando a novas filiações partidárias, sim.
Em passado recente já aconteceu. Quem viver verá.
É a vida...

Viver é Perigoso 

CANTINHO DA SALA

Paul Gauguin

CAMINHO DAS PEDRAS

 
Ouvido na Boa Vista:
 
- Pois é...penso que achei a saída para salvar a cidade dos 17 vereadores.
 
- Esquece. O pessoal já decidiu e ninguém os fará mudar de opinião.
 
- Ouça. O Prefeito aprovou e incentivou os seus 7 vereadores a contrariar a cidade inteira. Ele está ciente que os custos da Câmara irão aumentar e a devolução dos repasses  não devem acontecer mais. Em ano eleitoral e com a crise, obras e inaugurações serão raras. Mas, matreiramente, como bom político, desviou a atenção de si para a Câmara de Vereadores. Quem são os vilões de Itajubá hoje e seguirão marcados para sempre ?
 
- Faz sentido. Os judas a serem malhados no ano que vem serão o Rui e o Joel e os outros 5. O Executivo e o Executivo, estão fingindo de mortos.
 
- Mas qual a saída para salvar a cidade dos 17 ?
 
- Quem tem os seus pedidos, indicações e ordens, atendidas e cumpridas de imediato pela Administração da terrinha ?
 
- Essa é fácil. O Bilaquinho, claro.
 
- Então, resumindo, basta as entidades e organizações, que lutam publicamente contra o absurdo aumento de 10 para 17, conversarem com o Deputado Bilaquinho. Ele não irá se indispor com 92 % da população. Ficou claro ? Certamente dará um toque no Prefeito que, de imediato, ordenará a mudança de pensamento dos seus vereadores.
 
- Matou a pau.
 
- Numa segunda etapa, que pode acontecer mais adiante, o Prefeito irá pleitear a redução do repasse para a Câmara, de 7% para 2 ou 3%, economizando para as suas obras, quase R$ 500 mil/mês. Daí,  é só correr para o abraço.
 
- É...
 
Viver é Perigoso

ESCAPAMOS ?

 
Pilhas usadas, computadores e brinquedos velhos são recolhidos em Santa Rita do Sapucaí. A ação acontece uma vez ao ano e faz parte da 9ª edição de uma campanha que incentiva o descarte correto do lixo eletrônico. Só neste ano, os organizadores devem recolher cerca de 5 toneladas de lixo eletrônico
Os materiais que não são reaproveitados são enviados para uma empresa credenciada de São Paulo  que trabalha com a reciclagem deste tipo de produto.
 
Blog: Ufa !!! o material recolhido (esperamos) não será encaminhado para o aterro de lixo de Santa Rita do Sapucai, que concidentemente, está situado em Itajubá.

Viver é Perigoso

MOÇA BONITA

Michelle

NEGÓCIO DE OCASIÃO


Lembrei-me outro dia, do vigoroso ataque feito pelos responsáveis pela atual administração, ao então Prefeito Dr. Jorge, quando ele pensou em "passar no cobre" o prédio da extinta Cabelte, então, pertencente ao município.
Foi um "nos acuda" danado. Isso aconteceu em outros tempos.
A Administração Rodrigo Riera tentou dias atrás vender 13 imóveis do município, possivelmente, embora não admita claramente, para complementação de caixa.
Foi um fracasso. Apenas o filet foi vendido (terreno em frente ao Fórum).
Não se deram por vencidos.
No dia 16 de outubro, às 14 horas, a Prefeitura de Itajubá realizará licitação para venda dos 12 imóveis, desta vez, na modalidade de Concorrência Pública, de acordo com a Lei Federal nº. 8.666/93 e a Lei complementar nº. 147/14.
Agora, devem ser vendidos o contra-filet, alcatra e maminha. Nada mal.
Na licitação de outubro, acatarão as ofertas de "melhor preço".
A coisa deve andar tão difícil lá pelas bandas do Pinheirinho, que se não der dessa vez, a próxima deverá ser no formato de rifa ou mesmo através de um bingo a ser realizado no Campo do Smart.
Perdão, mas presumo, com uma elevada chance de acerto, qual será o resultado.
 
Oremos.

Viver é Perigoso

domingo, 20 de setembro de 2015

SOB A LUZ DE VELAS

 


"Às vezes o “não” da rebelião é muito mais construtivo do que o “sim, senhor” da resignação ou da apatia."

José Saramago

INSEGURANÇA MINEIRA


Os investimentos nas polícias Civil e Militar em Minas Gerais caíram 84% nos primeiros sete meses de 2015 com relação ao mesmo período do ano passado. Enquanto foram destinados R$ 84,8 milhões para as corporações entre janeiro e julho de 2014, no mesmo período de 2015 o montante foi de R$ 13,7 milhões. A queda mais acentuada foi no investimento da Polícia Civil (PC), que recuou 89%. Os gastos com a Polícia Militar (PM) reduziram 80%.
A queda não ocorreu apenas nos valores referentes a investimento: o custeio também sofreu cortes. O montante gasto com a PM para policiamento ostensivo, cujo objetivo é desestimular a ocorrência de crimes e aumentar a sensação de segurança, recuou em mais de R$ 15 milhões. Entre janeiro e julho de 2014 foram destinados R$ 72,9 milhões para esse fim, e o valor passou para R$ 57,4 milhões no mesmo período deste ano.

Deu no Hoje em Dia

Viver é Perigoso

sábado, 19 de setembro de 2015

RAZÕES DE SOBRA


CANTINHO DA SALA

Winslow Homer

ECONOMIA & NEGÓCIOS

 
Numa rápida passada de olhos pelo Estadão de ontem. Na terrinha, desligada do mundo,  decidem elevar os gastos públicos. Sem noção.
 
"O Brasil está em uma situação difícil, a crise é muito profunda e séria."
 
Guillermo Mondino - Diretor Executivo do Citigroup
 
"O melhor cenário parece ser uma estabilização das coisas em um nível muito baixo."
 
Gordian Kemen - Diretor do Morgan Stanley
 
O Brasil tem questões sobretudo fiscais, que, se não forem resolvidas ficarão piores."
 
Rafael de La Fuente - Econista chefe para a América Latina do UBS 
 
"Indústria paulista prevê 250.000 demissões no ano."
 
Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos da Fiesp
 
"O Estado está doente. É um Estado que está semiquebrado.Se não arrumarmos a casa, vamos mergulhar em um abismo."
 
Armínio Fraga
 
"Por ora, Dilma vem conseguindo se manter no emprego. Muitos brasileiros comuns não têm tido a mesma sorte."
 
The Economist 
 
Viver é Perigoso

sexta-feira, 18 de setembro de 2015

SEXTA - FEIRA À MEIA NOITE


CURTAS HISTÓRIAS

Cancelado. Fernando foi para Sorocaba.

Viver é Perigoso

EXTINTORES !


EM OUTROS TEMPOS !

 
Recorte localizado nos arquivos do Clarin da Boa Vista. Nota publicada no Jornal Itajubá Notícias na época em circulavam pela terrinha os últimos exemplares de dinossauros. Continua atual embora impublicável.

Viver é Perigoso