quinta-feira, 3 de março de 2016

O BOM CAMARADA


Muito embora, para as autoridades da Prefeitura, a crise já tenha passado na terrinha, o caixa municipal pode ainda não ter-se recuperado totalmente.
O Prefeito bate o pé no reajuste salarial do funcionalismo em 5%. Os funcionários lutam pelo reajuste integral próximo de 11%.
Questão de negociação. Normal na vida. 
O ideal é que se chegue a um bom termo sem greves e desgastes outros.
Lembrando sempre que não se trata de aumento salarial. Simplesmente, reposição de perdas.
O que chama a atenção é o posicionamento do presidente do Sindicato dos Servidores e Funcionários Públicos Municipais, Sr. Adilson Soares, que declarou ao jornal "Itajubá Notícias":

'' Fizemos um levantamento e vimos que o município não tem condições de dar 11% de aumento da inflação. Se o prefeito der esse aumento significativo é arriscado que no segundo semestre os servidores fiquem sem receber seus salários. O prefeito já me deu a garantia de que com essa proposta de 5% de reajuste salarial, os funcionários têm a garantia de receber os seus salários durante o ano todo."

Ainda não tinha presenciado um líder sindical analisar e concluir pela dificuldade do patrão. Aceitar um reajuste menor do que a metade  do índice oficial e o pior, ficar feliz com a garantia de que os salários serão pagos durante o ano todo. Uma obrigação.
Já não fazem mais sindicalistas como antigamente.

Viver é Perigoso

4 comentários:

Anônimo disse...

Convencer um a comvencer todos sai mais barato que convencer todos. Se é que me entende....

Edson Riera disse...

Anônimo das 14;59 horas,

Entendemos.

Zelador

Anônimo disse...

Tudo fachada, onde manda capitão....

Edson Riera disse...

Anônimo das 20:34 horas,

Melhor, Rei.

Zelador