sexta-feira, 30 de abril de 2021

AGORA AGUENTA !



A associação Médicos pela Vida está sendo processada pelo MPF por publicar manifesto defendendo o “tratamento precoce” contra a Covid. Os procuradores pedem R$ 10 milhões de indenização por dano moral coletivo, quando entende-se que uma parcela da sociedade é afetada por determinado ato. Caso a entidade seja condenada, o valor a ser pago será usado em projetos sociais e de saúde a serem definidos pelo Judiciário. A ação foi apresentada depois de propaganda paga pela associação e veiculada pelo jornal Zero Hora, do Rio Grande do Sul, em 23 de fevereiro deste ano.

Conforme comentado, a "profissão da hora" pós pandemia, certamente será a de advogado. Não darão conta do serviço. O que vai aparecer de gente se sentindo prejudicado de uma forma ou outra, por medidas tomadas e principalmente, por não tomadas, vai ser uma grandeza.

Dentro em breve estarão oferecendo cursos online sobre o tema "ações pós - pandemia" com relações de jurisprudências firmadas, etc. 

Aguardem.

Viver é Perigoso


Nenhum comentário: