segunda-feira, 7 de setembro de 2020

JUÍZO MOÇADA !


Deu hoje nos jornais:

Projeto aprovado pelo Congresso pode anular dívidas tributárias de igrejas e multas aplicadas pela Receita Federal.

O valor do "perdão" seria de quase R$ 1 bilhão.

O presidente Bolsonaro deverá sancionar ou vetar o texto até o dia 11 de setembro.

Por exemplo, a Igreja Internacional da Graça de Deus, fundada pelo missionário R.R. Soares, tem R$ 37,8 milhões inscrito na Dívida Ativa da União.

Em tempo, o deputado federal David Soares foi o autor da emenda que introduziu, durante a votação na Câmara dos Deputados, o perdão que pode beneficiar as igrejas. Aliás, o deputado David Soares é filho do missionário R.R. Soares.

As igrejas são alvos de autuações milionárias por driblarem a legislação e distribuírem lucros e outras remunerações a seus principais dirigentes e lideranças sem efetuar o devido recolhimento de tributos.

Viver é Perigoso

Nenhum comentário: