terça-feira, 20 de abril de 2021

TUDO CENTRALIZADO


O Congresso Nacional aprovou ontem um projeto de lei para resolver o impasse que envolve o Orçamento deste ano. O projeto surgiu de um acordo com o governo. 
As emendas parlamentares foram preservadas. 
A manobra pode elevar a mais de R$ 125 bilhões os gastos de combate à pandemia de Covid-19 fora do teto de gastos, a regra que limita o avanço das despesas à inflação. 
A pressão de deputados e senadores para manter suas emendas surtiu efeito e os seus R$ 16, 5 bilhões foram mantidos.

Blog: Ou o acordo (?) ou o impeachment. Ou os dois...sei não.

Viver é Perigoso

3 comentários:

Anônimo disse...

O negócio é negociar, sempre foi a$$im e sempre $ERÁ.
NORMAL....RELAXA

Anônimo disse...

Interessante, $$$$ para emendas paroquiais dos políticos tem. $$$$$ para um auxílio emergencial DECENTE para os famintos e para ajudar os pequenos empresários NÃO TÊM!! Isso é a cara do governo novo que veio para acabar com a velha política e para mudar " tudo isso que está aí". Realmente promessas cumpridas. Só rindo ou chorando não sabemos mais. Voto digitado, voto perdido, de novo. Centrão no comando. O machão(?) e seu prosador de promessas abdicaram de vez!

Anônimo disse...

Interessante $$$$ para as mamatas e roubalheira a gente pelo menos escuta q diminuiu, será? Ou tem petralha invisível, ah deve ter, kkkk