terça-feira, 15 de setembro de 2020

TIRO NO PÉ ?

´
A Chapa da situação para a próxima eleição municipal. Christian (atual vice-prefeito) e Dr. Nilo Baracho (ex-secretário da saúde) se apresentaram "a la bolsonaro" na fotografia (no centro uma pessoa não identificada). Em pauta a famosa "arminha".

Mostraram que apoiam, e portanto, concordariam com as ideias do Capitão. Um direito.

Como os dirigentes da situação, já há longos oitos anos no poder, não compram um picolé sem antes analisar as pesquisas, certamente, os candidatos receberam orientação a respeito.

Os milhares de "comunistas" da terrinha que se cuidem.

Viver é Perigoso   

7 comentários:

Anônimo disse...

Bolsonaro fez arminha para investigar corrupção do governo anterior ....E esses ai ???Estão fazendo arminha para que mesmo ???

Anônimo disse...

Depois de Vênus, cientistas não encontram vida inteligente entre candidatos a prefeito do Rio. Pela foto dessa chapa em Itajubá também.

Anônimo disse...

Em época de "politicamente correto" (que porre é isso!!) essa atitude dos 3 mascarados se caracteriza por apropriação cultural, já que como são mascarados fingem ser o que não são com a cara limpa: caçadores de corruptos. Uso dessa forma de expressão, identificada intimamente ao bolsonarismo, que por acaso esta mais próxima do vereador Santi, do PSL, tem o único proposito de confundir, sutilmente, o eleitorado. Mas no fundo mesmo foi realmente um tiro no pé pois ao que consta tem sido unânime nas redes sociais um repudio ao ato caricato.


Anônimo disse...

"Bolsonaro fez arminha para investigar corrupção do governo anterior" hahahahaha Me diz aí o que você bebeu porque eu quero um pouco também.

Anônimo disse...

Acho muito chique chamar um farmaceutico, como o candidato a vice, de doutor. Vou lembrar disso na próxima vez que for a farmácia (não é uma crítica ao blog, mas na campanha vai ser assim, vice Dr. Nilo)

Edson Riera disse...

Dr. Nilo

Doutor é quem tem doutorado e me parece ser o caso do candidato a vice-prefeito. Tecnicamente, os outros candidatos não seriam doutores. Questão de costume.

Zelador

Anônimo disse...

Doutor é quem o povo acha q é, pois existem muitos doutores q nem deveriam ser