quarta-feira, 18 de março de 2020

MUITO COMPLICADO


A Polícia Federal concluiu um dos inquéritos contra o deputado federal Aécio Neves e apontou ter rastreado o pagamento de R$ 65 milhões em propina da Odebrecht e da Andrade Gutierrez ao tucano em troca de sua ajuda nas obras das hidrelétricas do Rio Madeira. 
O relatório final da investigação foi enviado ao Supremo Tribunal Federal  na segunda-feira.
Caberá agora à Procuradoria-Geral da República decidir sobre o oferecimento de denúncia neste caso. 
O deputado nega as acusações.

Viver é Perigoso

4 comentários:

Anônimo disse...

Q decepcao! Aecio, FHC, Serra, Anastasua, Alckmkm, enfim, a turma do psdbosta! Dificil, !

Anônimo disse...

E quase se tornou presidente! Com forte apoio da terrinha.
Definitivamente, corrupção não é critério para o eleitor decidir o voto.
Olha a turma que está no poder.
Outra! Lula, se for candidato ganha no primeiro turno.

É a vida. oremos!!

Anônimo disse...

Alias graças aos mineiros o Aecio ficou fora a Dilma entrou e depois foi pra fora como mereceu, a terrinha gracas a Deus nao vota nos petralhas, nossa gente, a maioria tem juizo, agora se o povinho prefere o Lula, fazer o q, quem sabe somos da mesma laia mesmo, eu to fora, aprendi a reconhecer bandido, mesmo tarde, e nao os tenho de estimação, tenho nojo mesmo. Bandidasssss kkkkkk

Edson Riera disse...

Graça aos Mineiros

Verdade é que está difícil escapar um.

Zelador