sexta-feira, 1 de fevereiro de 2019

RESULTADO DA DESONESTIDADE MAIS INCOMPETÊNCIA


Não acredito que os petistas, até os mais fanáticos, possam acompanhar esse triste episódio sem se indignarem.

Em 2006, o Conselho da Petrobrás, então presidido pela Dilma Rousseff, autorizou a Diretoria Executiva da empresa a comprar da empresa belga Astra Oil, a metade da Refinaria de Pasadena, no Texas - EUA, por US$ 360 milhões.

Atenção para um detalhe: Um ano antes, o citado grupo belga, havia adquirido o controle total da refinaria pelo valor de US$ 42 milhões. Nesse simples negócio, em um ano, os belgas ganharam US$ 359 milhões.

E tem mais. Colocaram uma cláusula besta no contrato que, em caso de desentendimento, o sócio, claro, que os belgas, se retirariam da sociedade recebendo uma indenização de US$ 820 milhões, o que aconteceu em 2012.

Claro, que tem mais. A Petrobrás, no período, investiu outros US$ 685 milhões em segurança, etc, na empresa.

Tudo somado, chega-se a estratosférica quantia de US$ 1,9 bilhão.

Esta semana, a Petrobras está fechando a venda (se livrando) da Refinaria de Pasadena, para a americana Chevron, por US$ 562 milhões.

O balanço final indica um rombo de US$ 1,4 bilhão, o que, para maior compreensão e comparação, atinge cerca de R$ 5 bilhões.   

Foram enterrados pela Administração Dilma Rousseff, no Conselho da Petrobrás e na sequência, na presidência da República, sempre contando com a prestimosa colaboração dos Senhores Nestor Cerveró e Jorge Zelada, entre outros.

Isso já bastaria para nenhum petista jamais falar em administração pública. 

Prisão é pouco.

Viver é Perigoso

Um comentário:

Anônimo disse...

Vejam o trio na foto, Dilma Lula,Lobão. Poderia dar algo diferente na época com esse trio? Posteriormente, defenestramos ela, prendemos o outro e o último varrido da política pelos eleitores maranhenses. Tarda mas não falta. observador contumaz