quinta-feira, 25 de janeiro de 2018

E A SIVA POWER, HEIN ?


Muito do que acontece ao longe, pode ter ou não reflexos sobre a terrinha. Senão vejamos.

O governo americano começou a impor tarifas sobre a importação de painéis solares. A tarifa inicial aplicada será de 30%. Trump, com essa medida, pretende restaurar essa indústria. O preço dos painéis solares caiu 80% desde 2010, com a expansão do setor na China. A participação dos EUA nesse mercado caiu de 25%, no início da década passada, para menos de 5% em 2011.
As tarifas impostas deverão aumentar o preço dos painéis solares em US$ 0,10 a US$ 0,12 por watts, considerada insuficiente para garantir a competitividade dos produtores americanos. Os chineses invadiram o mercado. 

Trazendo o assunto para cá: 

Na véspera da última eleição municipal, mais precisamente no dia 29/9/2016, foi assinada uma Carta de Intenções entre a empresa Siva Power do Brasil Painéis Solares, que produziria localmente, painéis solares e a PMI. Noticiado um investimento de US$ 200 milhões, com 4 linhas de produção, sendo que a primeira delas funcionaria em 2019. 

A Siva Power é uma empresa americana dona de altíssima tecnologia e fabricante de painéis solares, em Santa Clara, na Califórnia. 

No ano passado, o Governo de Minas, através do Indi - Instituto de Desenvolvimento Integrado de Minas Gerais esteve em missão na China. 
Razão principal: Captação de investimentos para a cadeia regional de energia solar - A equipe do governo de Minas esteve em contato com representantes de três empresas chinesas da cadeia de energia solar A intenção do Estado é conseguir um parceiro para a implantação de uma fábrica de painéis solares em Minas Gerais.

Como dizem na Boa Vista, é claro: E nóis nessa ? O projeto está de pé ? mixou ? E na viagem do  SAD - Supergrupo Alavancador de Desenvolvimento até São Francisco (75 kms de Santa Clara ), trataram do investimento ?

A expectativa foi gerada na terrinha. News please !

Viver é Perigoso

3 comentários:

Anônimo disse...

FACTOIDES ! Simples assim.

Antonio Thomas disse...

o importante é anunciar aos quatro cantos .. a construção são outros 500 ..

Edson Riera disse...

Thomas -

O empreendimento é cogitado. O mercado promete. Não podemos perder o negócio.

Talvez falte tato político para conduzir.

Abraço

Zelador