sábado, 25 de janeiro de 2020

MOMENTOS MÁGICOS


Encontro do cineasta David Linch com a mega-estrela Elizabeth Taylor, descrita do livro "Espaço para Sonhar ", de autoria do próprio David Linch e Kristine McKenna:

Aconteceu na festa dos vencedores do Oscar em 1988. Linch concorreu como diretor por "Veludo Azul", mas perdeu para Oliver Stone, premiado por "Platoon". 

Ao chegar no Restaurante Spago, Linch cumprimentou o lendário cineasta John Huston. De repente, ele percebe estar na mira do mais famoso par de olhos cor de violeta do planeta.

Eu amo "Veludo Azul", comenta Liz, ao que Linch retruca que ela, ao entregar a estatueta para  Stone, recebeu dele um beijo. "Gostaria de ter ganhado também por isso", brincou o diretor.

O que aconteceu em seguida seria digno de figurar no mais alto panteão de qualquer fã de cinema: Liz fez um sinal com o dedo, Linch se aproximou, ela inclinou a cabeça para trás, cerrou aqueles olhos reluzentes e o diretor se aproximou lentamente, até que seus lábios tocassem os dela. "Lábios de travesseiro" descreveu ele.

(Ubiratan Brasil)

Viver é Perigoso

AGORA SIM !


Célia Rennó Brochetto, simplesmente, Celinha Rennó, jornalista competente que retorna no próximo dia 3/fev com as suas entrevistas na Rádio JovemFM - 98,7 Mhz.

Muito bom. A classe da Celinha faz com que muitas vezes as suas perguntas soem melhores que as respostas.

Escreveu a Celia em seu Blog no dia 17/janeiro/2011. Já lá vão 9 anos:

"Penso diferente de Zezinho Riera numa porção de coisas, mas gosto de ver a diferença escancarada, transparente, para que o leitor possa concordar e discordar disso e daquilo."

ZR - Eu também.

Viver é Perigoso

sexta-feira, 24 de janeiro de 2020

BATALHA DE ITARARÉ


Itararé dá nome também a grande batalha do movimento político de 1930, que colocaria frente a frente as tropas simpáticas ao grupo revolucionário liderado por Getúlio Vargas e os esquadrões fiéis ao presidente Washington Luís. 

Todos sabem que não aconteceu. 

Itararé é um município brasileiro do estado de São Paulo situado na divisa do estado de São Paulo e do Paraná.

É estranha a movimentação que vem acontecendo nos gabinetes políticos de Itajubá sobre se o dia 19 de março volta a ser feriado. Como todos sabem, São José foi substituído pela N.S. Soledade, que é comemorado no dia 15 de setembro.

Logicamente a pedido do prefeito, o seu leal vereador, Sr. Melo, vem pleitando, junto a Câmara Municipal, o retorno do feriado para o dia 19 de março.

Pasmem ! deve acontecer uma audiência pública para tratar do assunto. Perda de tempo. Com maioria absoluta na Câmara, os senhores edis votarão conforme indicado pela administração. O feriado voltará para o dia 19 de março.

E claro, como os três vereadores evangélicos irão justificar nas suas bases a eventual defesa da Padroeira ?

Tentando explicar a preferência dos administradores.

Simples: Um festão sem precedentes está sendo armado para acontecer, com a desculpa do aniversário da cidade. Shows caríssimos (de gosto duvidoso) e foguetório de fazer até cachorro da polícia fugir.

O ano eleitoral limita, com datas definidas no calendário, os "oba-oba", principalmente com recursos públicos. Dia 19 de março vem a ser a última oportunidade, mais ou menos possível de ser justificada, para apresentação de candidatos, presença do Bilaquinho e Dalmo, e firmação da imagem de festeiros. 

Dinheiro não falta. O pré-sal (R$ 2,3 milhões) deixou abarrotado o cofre municipal. 

De mais para mais, dar enfase ao nome Soledade provoca arrepios.

Viver é Perigoso

MOÇA BONITA


Um abraço Sonia. Como todos os outros, hoje é um dia especial. Também nesse janeiro de 2020, completamos 50 anos juntos. 

Começou com uma vista de olhos no retrovisor. Seguiu com um bilhete escrito num singelo guardanapo do "Fundão".  O grande amigo Professor Paulo Cesar, para nós, simplesmente Mugango, foi o portador. Solicitei que entregasse o bilhete para a Sonia durante o Baile de Formatura das Professoras do Major João Pereira, dizendo-lhe: Por favor, entregue para a moça mais bonita que estiver no Diretório Acadêmico.

Questionado, no dia seguinte sobre a missão, o PC foi enfático: Camarada, foi fácil identificar.

Claro, que estávamos falando da Sonia. 

Tem sido muito bom.

Viver é Perigoso 

CUMEQUIÉ ?

Viver é Perigoso

quinta-feira, 23 de janeiro de 2020

CARTA QUE NÃO RECEBI

Anita Ekberg - La Dolce Vita
Itajubá, 23 de janeiro de 2020

Amigos) do CINE CLUB ITAJUBÁ 

Vimos solicitar o apoio para a realização de uma “Sessão Cine Club” em homenagem aos 100 anos do nascimento do cineasta Federico Fellini, que ocorrerá no próximo domingo (26/01) às 19:30 horas em nossa sala de cinema, tendo também por objetivo, angariar fundos para o custeio do funcionamento deste cinema. 

Exibiremos o filme: A Doce Vida com o ingresso a titulo de colaboração no valor ÚNICO de 20,00 (Vinte reais). 

Portanto, buscamos neste evento, uma forma para captação de recursos para o complemento das despesas do aluguel de nossa sala de cinema. 

Caso você não possa comparecer a este evento e queira fazer uma doação, estamos disponibilizando abaixo, as agências bancárias para depósito. Salientamos que toda a contribuição será bem-vinda e fundamental para a sobrevivência de nosso Cine Club. 

Contamos com a sua colaboração e antecipamos os nossos agradecimentos.

Banco Itaú – Agência 0673 Conta 00537-7(corrente)
R.E.P. Neves Cine Club Itajubá

Viver é Perigoso

EQUILIBRANDO-SE NA CORDA BAMBA



O presidente Bolsonaro admitiu nesta quinta-feira que poderá recriar o Ministério da Segurança. Segundo ele, há setores da sociedade (?) que defendem a estrutura, assim como o presidente da Câmara, Rodrigo Maia. Hoje, a área está integrada ao Ministério da Justiça, comandado por Sergio Moro.

Lógico e óbvio de que trata de um esvaziamento das responsabilidades do Ministro Moro, que numa dessas aí, pede o boné e vai para casa.

O que o Bolsonaro deve saber é que seu governo, praticamente, é sustentado por dois cabos: Guedes e Bolsonaro.

A saída do Moro seria aplaudida de pé pela bandidagem atingida pela Lava Jato, por advogados milionários, por parte do STF e claro, pelos órfãos do Lula.

Uma improvável saída do Paulo Guedes significaria, no momento, "quem sair por último apague a luz".

E tem mais Sr. Bolsonaro, milhões de brasileiros irão rever o seu apoio.

É a vida...

Viver é Perigoso   

ACAJU


Deu hoje no Blog aleivosiascomlimão

Agora no supermercado, me peguei lendo uma caixa de tintura pra cabelos masculinos.
Mal sinal.
Futuro negro ou acaju.

Nunca passei por esse dilema, por razões óbvias, é claro.

Exceto, por aqueles que vivem da imagem, como artistas e apresentadores de cinema/tv, nunca entendi o que leva vetustos senhores a tingir os cachos. Sei lá, mas cada um na sua.

Mas já observei que a cor favorita dos cidadãos itajubenses já entrados nos anos, é a famosa "cor de burro quando foge". Continua em primeiro lugar nas paradas.

Aliás, somente outro dia encontrei uma explicação aceitável para o nome da "cor de burro quando foge".

Segunda consta trata-se do uso equivocado da antiga expressão coloquial " corro de burro quando foge” registrada pelo gramático Antônio de Castro Lopes.

Registre-se que o gramático carioca Antonio de Castro Lopes era o inimigo numero 1 das palavras estrangeiras. Foi ele quem inventou a palavra ‘cardápio’ para substituir ‘menu’. Era era um inconformado com palavras importadas.

Ele nasceu em 1827 e tomou o barco em 1901. 

Viver é Perigoso