quarta-feira, 11 de dezembro de 2019

ULTRACREPIDANISMO


A palavra existe. É o ato de "palpitarmos" sobre temas que vão além do nosso domínio.

Tentados pelo poder de divulgação que  a internet nos concede, expomos nossas ideias sobre qualquer coisa, sem muita preocupação quanto a familiaridade com o tema, ou com a substância e pertinência de nossos comentários. Não há discussão ou fato que nos iniba de darmos nossa opinião

São os principais motores da onda de ultracrepidianismo que assola a rede.

Demi Getschko

Viver é Perigoso

LUÍS HONESTO

Viver é Perigoso

terça-feira, 10 de dezembro de 2019

SOB A LUZ DE VELAS


Viver é Perigoso

MOMENTOS MÁGICOS



Viver é Perigoso

NETFLIX ESPECIAL


Para quem viveu musicalmente o final dos anos 60, anos 70, 80, 90, e admira músicas de qualidade, seus interpretes e histórias.

O documentário na Netflix, "Nosso Ritimo", retratando a carreira de Clive Davis, nascido em 1932 e um dos maiores produtores musicais do planeta. Muita música e revelações.

Clive foi presidente da Columbia Records, fundador e presidente da Arista Records, presidente da J Records, diretor da RCA e também presidente da BMG. Só !

Ele contratou muitos artistas que alcançaram o status de estrelas. Janis Joplin, Santana, Bruce Springsteen, Chicago, Billy Joel, Kenny G, Blood, Sweat & Tears, Aerosmith, Pink Floyd, Barry Manilow, Donovan, The Birds, Simon & Garfunkel, Lynn Anderson, Grateful Dead, Aretha Franklin, Patty Smith, Air Supply, Alicia Keys, The Kinks, Dionne Warwick, Alan Jackson.

Davis tomou conhecimento da filha de Cissy Houston, Whitney Houston, depois de ver o Houstons se apresentar em uma boate de Nova York. Impressionado com o que ouviu, Davis a contratou. Whitney se tornou uma das artistas mais vendidos na história da música, sob a orientação de Davis na Arista. 

Para quem gosta, imperdível.

Viver é Perigoso





NÃO ESCAPA UM !




A Polícia Federal pediu a prisão temporária de Fabio Luis Lula da Silva , o Lulinha , filho do ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva, na representação que apresentou à juíza Gabriela Hardt para a deflagração da 69ª fase da Operação Lava Jato. 
O pedido, no entanto, foi negado pela magistrada. 
A investigação apura pagamentos da Oi para empresas ligadas a Lulinha e seus sócios que somaram R$ 132 milhões. Segundo as apurações, parte desses recursos pode ter sido usada para a compra do sítio de Atibaia, pivô de uma das duas condenações já impostas ao ex-presidente na Lava-Jato.

Viver é Perigoso

ALEIVOSIAS


Como diziam na Boa Vista, é claro, esse  "é o Beatle", sempre se apresentando com três excelentes coadjuvantes.

É a vida...

Viver é Perigoso 

MOÇA BONITA


Renata, Mais tarde passo para confirmar "aquele abraço". Deixe um pedaço de bolo ao alcance.

Viver é Perigoso