terça-feira, 23 de abril de 2019

DIA DO LIVRO


Aprendi a ler com cinco. Escrever, ainda estou devendo. Diziam as minhas primeiras mestras, Dona Loudinha Chiaradia (professora particular) e as amadas Dona Ivone e Dona Raimunda, no Grupo Escolar Rafael Magalhães, na Boa Vista, é claro, que ler antecipadamente atrapalhou muito o meu aprendizado. Até hoje não sei a razão.

Depois dos sete anos de idade nunca estive sem estar lendo um livro. No início, sempre com a bíblia e as suas histórias. Mais adiante passei a ler dois por vez. Com a idade, adquiri o prazer das releituras. Temos sido bons companheiros.

Em 23 de abril de 2013, portando já lá vão seis anos, a doce escritora itajubense, para todos, Bah - escreveu no Viver é Perigoso:

Bom dia! Hoje é dia do livro. Nada melhor que um bom livro para clarear nossas ideias...
O saber é o instrumento que nos garantirá uma vida mais digna e nos proverá de um bem estar essencial para nossa felicidade.
A arte do bem viver vai sendo adquirida, construída e solidificada ao longo do tempo e retocada constantemente pelos ensinamentos aprendidos. Nessa caminhada moral e espiritual o conhecimento é um bem por demais valioso. É necessário muita dedicação e esforço para conquistá-lo de modo a torná-lo nosso aliado no enfrentamento das batalhas inerentes a condição humana.
Boa leitura para os que são fãs de livros.
Bah

Viver é Perigoso

AQUI JAZZ !



Owen Roy Haynes, baterista americano nascido em Boston em 1925. Completou em 13 de março último, 94 anos.

Haynes está entre os bateristas mais gravados no jazz, e em uma carreira que dura mais de 70 anos, com um estilo bem conhecido. Fez sua estréia profissional em 1944 em sua terra natal, Boston.

Ele continua a se apresentar em todo o mundo. Seu filho Gra Haynes é um pistonista. Seu filho Craig Haynes e o neto Marcus Gilmore, são bateristas.


De 1947 a 1949, trabalhou com o saxofonista Lester Young. De 1949 a 1952 foi membro do quinteto do saxofonista Charlie Parker. Ele também gravou na época com o pianista Bud Powell e os saxofonistas Wardell Gray e Stan Getz. 

De 1953 a 1958 ele excursionou com a cantora Sarah Vaughan e também gravou com ela.

Curiosidade: Em 1960, a revista Esquire indicou Roy Haynes como um dos homens mais bem vestidos da América, junto com Fred Astaire, Miles Davis, Clark Gable e Cary Grant.

Viver é Perigoso

ATÉ TU BRUTUS ?


A Justiça Militar condenou cinco oficiais do Exército e dois empresários por crime de peculato. Eles são acusados por supostas irregularidades em 88 processos licitatórios num convênio firmado entre o Instituto Militar de Engenharia (IME) e o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), ocorridos entre 2004 e 2005. A suspeita é de desvios de R$ 11 milhões. Portanto, há 15 anos.

As penas maiores foram para o coronel reformado Paulo Roberto Dias Morales e para o major Washington Luiz de Paula, condenados a 16 anos de prisão. 
Foram considerados culpados também o coronel Cláudio Vinícius Costa Rodrigues (11 anos e 1 mês de prisão), o tenente-coronel Ronald Vieira do Nascimento (oito anos e quatro meses) e o capitão Márcio Vancler Augusto Geraldo (cinco anos e 11 meses), além dos empresários Marcelo Cavalheiro e Edson Lousa Filho, sentenciados a dez anos e oito meses de prisão. 

Todos eles poderão recorrer em liberdade.

De acordo com denúncia do Ministério Público Militar (MPM), cerca de R$ 11 milhões teriam sido desviados em contratos firmados entre 2004 e 2005 - o montante total dos convênios era de R$ 38 milhões. 
O esquema envolveria a criação de processos de licitação fraudulentos e de empresas de fachada, a não realização de serviços contratados e até mesmo o uso de "laranjas" para receber parte dos pagamentos.

Ao todo, 15 pessoas foram denunciadas. Ao longo do processo, um dos acusados ganhou habeas corpus e nem sequer foi a julgamento, enquanto dois faleceram. Quatro civis foram absolvidos.

A defesa do coronel Claudio Vinicius Costa Rodrigues e do tenente Ronald Nascimento informou que irá apelar da decisão e que entrará com um pedido de habeas corpus no Superior Tribunal Militar (STM) pedindo a anulação do julgamento. A alegação é de cerceamento da defesa.

(Estadão)

Viver é Perigoso

QUANDO SETEMBRO VIER



A Quinta Turma do STJ (Superior Tribunal de Justiça) manteve a condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e reduziu sua pena de 12 anos e 1 mês de prisão para 8 anos, 10 meses e 20 dias.

Com a redução da pena, a possibilidade de Lula deixar a prisão ainda neste ano (em setembro) é baseada na Lei de Execução Penal, que permite a progressão para regime semiaberto ao preso que tiver ficado em regime fechado por um sexto da pena.

Poderá sair durante o dia para trabalhar (Êpa !) e voltar ao anoitecer para a prisão.

Mais uma chumbada para a coleção de advogado Zanin, que aliás, como praxe, deve recorrer em algum lugar. 

Viver é Perigoso

CARTA QUE NÃO RECEBI

Para desmentir notícias maldosas espalhadas por pessoas desqualificadas sobre a extinção da direção do nosso partido PSD em Itajubá estou publicando um extrato do TSE atualizado. 
Esta política baixa que tenta se instalar em Itajubá não vai prevalecer sobre pessoas sérias.

Vereador Cleber David

Ô terrinha !!! Lendo o site do jornal Itajubá Notícias, todos ficaram cientes que o elemento, no caso, criador de casos, vem a ser o Vereador Melo. 
O Sr. Melo era assessor do Prefeito desde o primeiro mandato. Podemos dizer, orientador e prestador dos serviços mais complicados. Aliás, não foi eleito vereador. O eleito foi o Sargento Pereira, que se afastou, guindado a um cargo na Prefeitura. Quem deveria ocupar o cargo era o suplente Eng. Fernando Bissacot, que também ocupando um cargo no Executivo, abriu mão para o Sr. Melo. 
Nada fácil, para nós simples mortais, promover tamanha ginástica para colocar na Câmara o suplente do suplente, pessoa pelo visto, com prática em atirar para todos os lados sob ordens, claro, conforme noticiário local.  Haja visto o fatídico fechamento do Pronto Socorro da Santa Casa de Misericórdia.
O Prefeito tem jeito político para isso. 
Sinceramente ? apreciaria muito o Fernando Bissacot na Câmara. Mas...

Viver é Perigoso

SEI NÃO ...


Com o título "Metamorfose", em publicação de 10/abril/2017, o Viver é Perigoso comentou que, aparentemente, algo estranho estava acontecendo com o jornalista paulista, Reinaldo Azevedo. O colunista teve um sério problema de saúde no final de 2016, tendo sido submetido a uma delicada cirurgia no cérebro.

De um cara culto, corajoso e aparentemente independente no tocante a pensamentos e posições, voltou com posicionamentos esquisitos. Passou a defender os rompantes de Gilmar Mendes e a questionar o trabalho da Operação Lava-Jato.

Sei lá... talvez tenha acontecido uma recaída.

José Reinaldo Azevedo e Silva, foi trotskista durante o regime militar, sendo militante do grupo Libelu - Liberdade e Luta.

Adulto, tornou-se um crítico de Lula e do PT, tendo inclusive cunhado o termo "petralhas". Escreveu certa vez: "tudo que é bom para o Brasil é ruim para o PT".

Hoje, defende inclusive a liberdade de Lula, argumentando sobre a ausência de provas para a sua condenação. 

Viver é Perigoso

DR. CALISTRO - UM HOMEM DE BEM

Hoje entreguei "Moção de Congratulação" ao Dr. Calistro pois ele foi eleito aqui no Brasil um dos "100 Mais Influentes da Saúde", considerado pelo meio o Oscar da Saúde. Uma pequena e singela homenagem que prestei àquele que muito investe na cidade de Itajubá e leva seu nome, através de seus produtos Neurotec, para os quatro cantos do mundo. Parabéns Dr. Calistro, Dna. Maria Lúcia, Esperança e Luiza.

Marcelo Krauss


Viver é Perigoso

DIA DO LIVRO

Viver é Perigoso