sábado, 20 de julho de 2019

ALÔ BRASÍLIA !


Viver é Perigoso

ESTREANDO COM SUCESSO NA NASDAQ


Estamos lá !

A Faculdade de Medicina de Itajubá foi criada num momento de extraordinária união do povo itajubense. Liderados por grandes nomes, destacando-se o Dr. Rosemburgo Romano, que recentemente nos deixou.

Por razões diversas a nossa Escola de Medicina passou há pouco tempo para o controle da empresa NRE Educacional, que por sua vez, unindo-se, este ano, a Medcel, resultou na Afya Educação Tecnologia e Saúde.

Pois bem, na sexta-feira (19/7), a Afya estreou na bolsa americana Nasdaq, levantando cerca de US$ 300 milhões (cerca de R$ 1 bilhão) em sua abertura de capital.

Atualmente o portfólio inclui 13 unidades de graduação, sendo 9 faculdades e 4 Centros Universitários nos estados de Tocantins (Palmas, Porto Nacional e Araguaína), Minas Gerais (São João dey-Rei, Ipatinga, Itajubá, Montes Claros e Sete Lagoas), Piauí (Teresina e Parnaíba), Bahia (Vitória da Conquista e Itabuna) e Paraná (Pato Branco). 

Nos próximos meses, a Afya chega a quatro novos estados do Norte do país após vencer sete editais do Programa Mais Médicos, do Governo Federal, sendo cinco em caráter definitivo. As primeiras unidades serão Cruzeiro do Sul, no Acre, e Santa Inês, no Maranhão, ainda em 2019. Na sequência virão Itacoatiara e Manacapuru, no Amazonas, e Cametá, no Pará. Em cada unidade, a Afya está autorizada a ofertar 50 vagas por ano para o vestibular de Medicina. 

Situação hoje:
Alunos: 36 mil, sendo: 25 mil na graduação (sendo 6 mil de Medicina)
1.550 em pós-graduações médicas
9 mil em cursos preparatórios para provas de residência médica, provas de título e especializações
Presença geográfica: 19 cidades em 8 estados 
Professores: 2 mil, sendo 600 médicos
Colaboradores administrativos: 2 mil

Blog: É a vida...mas sentimentalmente preferia que ainda estivesse sob nosso controle.

Viver é Perigoso

MENOS PAPO, PRESIDENTE...MENOS

Viver é Perigoso

NO MUNDO DA LUA


Um ávido leitor de ficção científica. Moleque na Boa Vista, caçava escritos do Julio Verne e lia e relia os maravilhosos livros do Ray Bradbury, "Crõnica Marcianas" e "Os frutos dourados do sol".

O aparelho de televisão era da marca Millem, creio eu, de 21 polegadas e lógico, em P&B. Para os mais novos, a televisão Millem era produzida em São Paulo na fábrica do Senhor Miltom Mohallen, aqui de Itajubá (tio do Fabiano da Auto Itajubá).

No domingo, após ir ao Cine Presidente com a namorada na sessão das 19:00 horas e conversar até às 22:00 horas, rapidinho para casa para assistir o primeiro pouso do homem na lua. O que aconteceu às 23:56 horas.

Imagem ruim, como eram as transmissões na época, mas sentimento e sensação indescritíveis. Assisti acompanhado do meu pai, que insistia em afirmar que se tratava de uma armação e propagando. Como muitos, ele era cético com relação a aventura americana.

Lançada por um foguete Saturno V, o módulo de comando pilotado por Michael Collins, permaneceu em órbita da lua acompanhando o pouso do módulo lunar Eagle na superfície lunar.

No módulo lunar, Buzz Aldrin e Neil Armstrong.

Inacreditável.

Já lá vão 50 anos e eu, com 21 anos, começava o curso de engenharia da nossa Escola.

É a vida...

Viver é Perigoso  

É DISCO QUE EU GOSTO



Gentileza direta do blog www.aleivosiascomlimao.blogspot.com - Que tem no timão (êpa!)  o Dr. Anselmo. Muito bom de ouvir. 

Viver é Perigoso

PERDIDO NO ESPAÇO

Viver é Perigoso

sexta-feira, 19 de julho de 2019

NÃO ESCAPA UM


A ex-primeira-dama do Amazonas, Nejmi Aziz, foi presa temporariamente na manhã desta sexta-feira (19), em Manaus, durante a Operação Vertex, uma nova fase da Operação Maus Caminhos, que investiga a prática de crimes de corrupção passiva, lavagem de capitais e a existência de uma organização criminosa que desviou recursos milionários da Saúde do Amazonas. Além dela, os seus cunhados, irmãos do ex-governador e atual senador Omar Aziz, foram presos. 

Viver é Perigoso

A COINCIDÊNCIA

Três semanas antes de Toffoli TRAVAR investigações baseadas em dados da Coaf e da Receita, o Fisco começou a pedir explicações a empresas que contrataram os serviços do escritório da mulher dele. 
Crusoé

Viver é Perigoso