sábado, 19 de janeiro de 2019

SOBRE O BANHEIRO CLASSE A


O jornalista do jornal "O Sul de Minas", Marco Antonio Gonçalves, esclareceu que o Parque Municipal está dividido em duas áreas. Uma delas cedida pela Prefeitura a uma empresa pelo prazo de 25 anos, prorrogáveis por mais 25 anos. Resumindo, "Ad Eternum".

O banheiro construído pela prefeitura, já chamado, pelo custo e detalhes, de Classe A, está localizado na área de sua responsabilidade do município. Menos mal. 

Acontece, que no contrato de concessão, a responsabilidade pela construção de banheiros na área do Parque,  seria de responsabilidade da empresa exploradora, o que não foi feito.

Quer dizer que, hoje no Parque, deu um aperto do lado de lá...a solução está do lado de cá.

Embora fora do prazo estabelecido no contrato, a empresa exploradora deverá providenciar a construção dos banheiros constantes do contrato. Do seu lado, é claro.

Pendente de esclarecimentos continua o alto custo da construção do banheiro público "classe A", que pela descrição, faria lembrar as famosas Termas de Pompéia, cobertas pela lavas da erupção do Vesúvio.

Sem querer querendo, os administradores criaram um fato marqueteiro. Muitas pessoas devem estar querendo visitar o banheiro e também conhecer o Parque

Mas vamos ao interessa: Saúde.

Viver é Perigoso
  

UMA BOBEIRA NO ALTO ESCALÃO


Há quatro anos o Senado abriga uma manifestação implícita de preconceito contra homossexuais que pode ser checada por qualquer pessoa que percorra o principal corredor de gabinetes dos parlamentares. A numeração exposta nas portas começa no 1 e segue a sequência numérica lógica até chegar ao 23, quando, sem qualquer explicação, pula para o 25.

Em algum momento entre o final de 2014 e o início de 2015 a plaquinha de número 24 desapareceu sem (quase) deixar vestígios.

(deu na Folha)

Viver é Perigoso

sexta-feira, 18 de janeiro de 2019

MOMENTOS MÁGICOS



Viver é Perigoso

COM UM AMIGO ASSIM, DISPENSA-SE INIMIGOS


Situação do Senador Flávio Bolsonaro se complica após o elogio recebido do colega de senado Renan Calheiros.

"Ele não pode ser investigado nem no Rio de Janeiro nem no Senado. A investigação no Senado só acontece em circunstâncias especialíssimas. Temos com relação a ele as melhores expectativas, de que é um moço que quer trabalhar, que quer fazer um bom mandato, que tem posições e defende-as. O que nós queremos é o melhor dele neste momento complexo da vida nacional. A expectativa que nós temos é a melhor possível"

Renan Calheiros

Viver é Perigoso

SOB A LUZ DE VELAS


“Obedecer é mais fácil do que entender”.

Guimarães Rosa

Viver é Perigoso

GENTE NOSSA


A jornalista itajubense Patrícia Vasconcellos está concorrendo ao prêmio Melhores do Telejornalismo 2018. A premiação é promovida pelo blog de jornalismo Território de Ideias. Patrícia compete na categoria Correspondente Internacional Feminino juntamente com Bianca Rothier, Carolina Cimenti, Heloisa Villela, Ilze Scamparini, Sandra Coutinho. 

Patrícia iniciou a carreira na Rádio Panorama FM aos 10 anos de idade. Cursou jornalismo na Universidade Federal de Juiz de Fora. Enquanto cursava a faculdade trabalhou nas rádios Itatiaia FM e Transamérica FM. Seu primeiro trabalho em TV foi em Governador Valadares na afiliada da rede Globo. Seis meses depois, Patrícia Vasconcellos se mudou para Belo Horizonte onde trabalhou na Globo Minas, apresentando os telejornais MG TV 1ª edição e MG TV 2ª edição. Apresentou também os programas Bom dia Minas, Globo Horizonte e na GloboNews apresentou o programa de entrevistas Almanaque.

Patrícia fez mestrado na Inglaterra e para concluir o curso foi à Palestina onde produziu dois documentários. Surgiu então a vontade de ser correspondente e viajar o mundo. Pediu demissão da rede Globo e partiu em busca da realização do sonho.

Em Dezembro de 2007 passou a integrar a equipe de repórteres do SBT no telejornal SBT Brasil e no programa SBT Repórter. Até 2018, foi correspondente do SBT na América Latina, sediada em Buenos Aires, na Argentina. Fez breve estadia em Brasília e atualmente é correspondente do SBT nos Estados Unidos.

Patrícia Vasconcellos é filha do saudoso radialista Francisco Vasconcellos, fundador da Rádio Panorama FM e Arlete Vasconcellos.

A votação do prêmio Melhores do Telejornalismo 2018 é feita pela internet. Para votar acesse o link: https://territoriodeideias.blogspot.com/p/melhores-do-telejornalismo-2018.html

Viver é Perigoso

quinta-feira, 17 de janeiro de 2019

SOB A LUZ DE VELAS


Enquanto eu tiver perguntas e não houver respostas...continuarei a escrever.

Clarice Lispector

Viver é Perigoso

AQUI JAZZ !



Viver é Perigoso