quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

PT COMEÇA A PROCURAR OUTRO CANDIDATO

Viver é Perigoso

DIÁLOGO POSSÍVEL EM 2030


- Camarada. que mal lhe pergunte, quantos anos essa cidade tem ?

- Claro, exatos 198 anos.

- Mas pera aí, estive por aqui há uns 13 anos e estavam comemorando, se não me engano, 198 anos. Estaria correto ?

- Sem nenhuma dúvida. Desde 2108 a cidade não faz mais aniversário, devido a uma Lei da Câmara Municipal. Então, pararam de contar.

- Ah ! Faz sentido.

Viver é Perigoso

DISSERAM:



"Não seja tão mente aberta que o cérebro caia para fora."

G.K. Chesterton

Viver é Perigoso

AQUI GERARDA !


Quando menino na Boa Vista, é claro, durante uma certa época, era comum ouvir o pessoal exclamando pelas ruas: É aqui Gerarda ! É aqui Gerarda!

Nunca soube de onde saiu até reler com mais cuidado, o livro "Adoniram - Uma Biografia ", escrito por Celso Campos Junior.

A frase era usada por Charutinho (Adoniram Barbosa) no História das Malocas. Virou a marcha "Aqui Gerarda! ", composta por Adoniran, Ivan Moreno e Joca. Tinha tudo para ser o maior sucesso na carnaval de 1960.

Tinha. Não foi porque foi censurada, ou melhor proibida. A letra foi julgada tendenciosa, maliciosa e atentadora ao pudor público.

A direção das Casas Eduardo, tradicional loja de calçados em São Paulo, resolveu batizar um de seus modelos, uma sandália de lona com sola de borracha, de "Aqui Gerarda! " 

Viver é Perigoso

terça-feira, 12 de dezembro de 2017

MOMENTOS MÁGICOS



Viver é Perigoso

QUE SITUAÇÃO !


Levantamento Paraná Pesquisas no Estado de São Paulo sobre as intenções de voto para presidente da República :

1º - Alkmim - 23,7%

2º - Bolsonaro - 19,9%

3º - Lula da Silva - 19,4 %

4º - Nenhum dos citados merece ser votado - 14,1%

5º - Marina Silva - 9,6%

6º - Outros, abaixo de 5% 

Que dureza !

Viver é Perigoso

BOA OCASIÃO


O dia 24 de janeiro sempre foi especial. É o dia do aniversário da pessoa mais próxima. Estamos juntos por 48 aniversários. Tendo sido sempre uma boa ocasião.

Na certa, com a ajuda dos céus, estaremos muito envolvidos para atentar para um fato secundário marcado para acontecer no próximo 24 de janeiro.

Senão vejamos:

O Tribunal Federal Regional da 4ª Região marcou o julgamento do ex-presidente Lula no caso do tríplex para o dia 24 de janeiro.

O caso de Lula tem tramitado em tempo recorde no tribunal, segundo a imprensa. Foram 42 dias entre a condenação e o início da tramitação do recurso na segunda instância. Bom para o Sr. Lula da Silva que terá mais uma oportunidade para provar a sua inocência.

É a vida...

Viver é Perigoso

O ANEL DE GIGES


“Giges era um pastor que servia em casa do que era então soberano da Lídia. Devido a uma grande tempestade e tremor de terra, rasgou-se o solo e abriu-se uma fenda no local onde ele apascentava o rebanho. Admirado ao ver tal coisa, desceu por lá e contemplou, entre outras maravilhas que para aí fantasiam, um cavalo de bronze, oco, com umas aberturas, espreitando através das quais viu lá dentro um cadáver, aparentemente maior do que um homem, e que não tinha mais nada senão um anel de ouro na mão. Arrancou-lho e saiu. Ora, como os pastores se tivessem reunido, da maneira habitual, a fim de comunicarem ao rei, todos os meses, o que dizia respeito aos rebanhos, Giges foi lá também, com o seu anel. Estando ele, pois, sentado meio dos outros, deu por acaso uma volta ao engaste do anel para dentro, em direção à parte interna da mão, e, ao fazer isso, tornou-se invisível para os que estavam ao lado, os quais falavam dele como se tivesse ido embora. Admirado, passou de novo a mão pelo anel e virou para fora o engaste. Assim que o fez, tornou-se visível. Tendo observado estes fatos, experimentou, a ver se o anel tinha aquele poder, e verificou que, se voltasse o engaste para dentro, se tornava invisível; se o voltasse para fora, ficava visível. Assim senhor de si, logo fez com que fosse um dos delegados que iam junto ao rei. Uma vez lá chegado, seduziu a mulher do soberano, e com o auxílio dela, atacou-o e matou-o, e assim se tomou o poder.”

Platão - Livro II de "A República"

Viver é Perigoso