domingo, 24 de setembro de 2017

PORQUE HOJE É DOMINGO



Esta é minha pequena luz,
Eu vou deixá-la brilhar.
Todo dia, todo dia,
Todo dia, todo dia,
Vou deixar minha pequena luz brilhar.
Na segunda-feira, ele me deu o dom do amor;
Na terça-feira, a paz veio de cima.
Na quarta-feira me disse para ter mais fé;
Na quinta-feira, deu-me um pouco mais de graça.
Na sexta-feira, me disse para vigiar e orar
No sábado, me disse exatamente o que dizer,
No domingo, deu poder divino
Só para deixar minha pequena luz brilhar.
Agora, alguns dizem que você tem que correr e se esconder.
Mas nós dizemos que não há lugar para se esconder.
E alguns dizem deixar os outros decidirem,
Mas nós dizemos que as pessoas decidem.
Alguns dizem que o tempo não é certo,
Mas dizemos que o tempo apenas é certo.
Se há um canto escuro em nossa terra,
Você tem que deixar sua pequena luz brilhar.

Viver é Perigoso

sábado, 23 de setembro de 2017

NINGUÉM É DE FERRO !



O LONDOM UAI PUB, recebeu a fiscalização noturna da vigilância sanitária municipal de Itajubá com o Secretário de Saúde municipal Dr. Nilo Baracho. 
De forma Transparente, analisaram e avaliaram tanto a cozinha, quanto banheiros e também o salão do 🇬🇧LONDON UAI PUB. 
Como era de se esperar, foi aprovada a qualidade dos produtos e serviços e prestado um valioso serviço orientativo.
Em tempo: Não foi observada a presença de advogado, policiais e da imprensa.

Viver é Perigoso



😃




LAMENTÁVEL

Viver é Perigoso

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

DURO NA QUEDA

Bastante procedentes os comentários dando conta que a verdadeira oposição ao Prefeito Municipal está dentro da própria prefeitura. Se não vejamos:

Sob o título "Decisão do Prefeito Municipal", o site da PMI, publica hoje, 22/9/2017 (assinado em 21/9/2017) que o Chefe do Executivo acolhe integralmente o Parecer Jurídico do Procurador Geral do Município, como razão de decidir, como se aqui transcrito, para fim de decretar a nulidade da Tomada de Preços 003/2017. destinado à contratação de empresa especializada em recapeamento asfáltico das vias´públicas de Itajubá pelo vício apontado.

Pois bem, seguindo os acontecimentos:

1 - A Tomada de Preços 003/2017, de 14/6/2017, tratou da contração de empresa especializada em recapeamento asfáltico das vias públicas de Itajubá.

2 - A Ata Final de Classificação de empresa para o recapeamento asfáltico das vias públicada de Itajubá, de 16/8/2017 (publicada no mesmo dia), decide classificar a empresa "DURO NA QUEDA CONSTRUÇÕES LTDA" pelo valor proposto de R$ 1.055.735,36 e ainda devido a mesma ter apresentado proposta condizentes com os termos do edital, bem como ter atendido todas as legislações vigentes.

3 - Foi assinado, no dia 25/8/2017 e publicado no dia 29/8/2017, o Contrato 041/2017, celebrado entre o município de Itajubá e a empresa DURO NA QUEDA CONSTRUÇÕES LTDA, para recapeamento asfáltico das vias do município.

4 - Datado de 28/8/2017 e publicada no dia 15/9/2017 no site da Prefeitura Municipal de Itajubá, a determinação da  paralisação da execução da obra de asfaltamento asfáltico das vias do município, em decorrência do órgão fiscalizador Caixa Econômica Federal estar analisando o processo licitatório e não ter liberado a AIO - Autorização de Início de Obra.

5 - No dia 20/9/2017, o Jornal Itajubá Notícias, em sua edição impressa, informou que em contato com a Secretaria Municipal de Comunicação (acontecido no dia 18/9/2017) , foi informado que a Ordem de Serviço foi liberada e ela prosseguia normalmente.

6 - No dia 20/9/2017 (quando o jornal chega as bancas), a reportagem do IN esteve no local das obras e constatou que as mesmas não tinham sido reiniciadas. De imediato, registrou o fato na sua edição eletrônica (20/9/2017). Acrescentando, que em contato com o Eng. Fábio Salomon, da empresa DURO NA QUEDA CONSTRUÇÕES LTDA, o mesmo informou que já havia recebido a Ordem de Serviço e que a partir do dia 1º de outubro estaria na cidade dando continuidade ao serviço.

Como dá para observar, um dia depois (21/9/2017), o Prefeito Municipal, em razão dos vícios apontados pelo Procurador do Município, decretou a nulidade da Tomada de Preços 003/2017. Sem "tirar uma" com ninguém, possivelmente, apenas a anulação da Tomada de Preços não signifique que a Ordem de Serviço não possa seguir em frente.

É a vida...

Viver é Perigoso  

O PIÁ DA FRIBOI


Viver é Perigoso

E SEGUE A VIDA ...


Sinceramente ? Pensava em nem tocar no assunto, mas o Marco Gonçalves do jornal O Sul de Minas, diligentemente, escreveu sobre o assunto na edição desta semana. O jornalista tratou do, para nós, pouco aguardado Ranking Universitário da Folha.

A nossa Escola segue lutando na 54ª posição, enquanto alçada entre as 1.000 no planeta. Já está bom.

A Facesm e a Fepi, lutam como podem.

O duro é ver a Faculdade de Medicina de Itajubá ocupando as últimas posições do Ranking. Pior de tudo, é  que passou a ocupar o agrupamento mencionado "entre 200 e 250". Mais ou menos, como "outras". Isso incomoda.

No ano passado, preocupado, tratamos do assunto no Blog Viver é Perigoso e ouvimos da comunidade um estrondoso silêncio e chegamos até nos deparar com "caras viradas".

Tratou-se de um grito de alerta.

Leiam a reportagem no O Sul de Minas, uma vez que, certamente, não verão ou ouvirão mais ninguém da terrinha falar do assunto..  

Viver é Perigoso     

O BOM COMPANHEIRO



Camarão ? só com arroz.

Picanha ? só com arroz.

Abobrinha ? só com arroz.

Bacalhau ? só com arroz.

Carne moída ? só com arroz

Dobradinha ? só com arroz

Pastel ? só com arroz.

Costelinha de porco ? só com arroz.

Linguiça frita ? só com arroz.

Feijoada ? só com arroz.

Pizza ? só com arroz.

Franguinho caipira ? só com arroz.

Leitoa pururuca ? só com arroz

Sem arroz ? só risoto. E olhe lá !

Viver é Perigoso

SUTIL COMO UM ELEFANTE DANÇANDO VALSA

Foto Itajubá Notícias
Descalços e de topada em topada, a Prefeitura de Itajubá e a tropa de choque formada na Vigilância Sanitária segue fazendo estragos. Inspecionados escolhidos a dedo e outros escolhidos por possíveis e inexplicadas amostragens, abordados na clara tentativa de "democratizar" as ações.

Todos os empreendimentos, obrigatoriamente têm que funcionar dentro das leis e das regras estabelecidas. Ao contrário da Câmara de Vereadores, que é desestimulada e mesmo proibida de fiscalizar a Administração Municipal, talvez a razão mais importante da sua existência, os órgãos da Prefeitura têm que cumprir suas obrigações.

Cumprir, com jeito, com classe, respeitando e buscando preservar os interesses dos cidadãos.

Na última terça-feira, a Vigilância Sanitária (ligada a Secretária da Saúde Municipal), chefiada pelo Sr. Baracho, interditou a instituição Med Leader, que cuida de longa permanência de idosos, localizada no Bairro BPS. Pasmem-se: Deram 72 horas para que os idosos fossem retirados e colocados sob a responsabilidade de suas famílias.

Argumentos : remédios sem a indicação de lotes, falta de comunicação à poderosa Vigilância Municipal sobre a mudança de endereço e o flagrante Maior: Existência de canil/cachorro nos fundos do imóvel. 

Nada, absolutamente nada, que não pudesse ser resolvido com a firmação de Documento para Ajustamento de Conduta. Uma conversa, eventualmente uma multa e claro, bom senso.

Hoje, está acontecendo um grande corre-corre para se tentar suspender o despejo determinado. 

Obrigatoriamente, pelos acontecimentos e providências tomadas nos últimos anos pelo Executivo Municipal, somos levados a buscar explicações mais realistas.

Primeiro, a possível existência de interesses comerciais no segmento. Mais cedo ou mais tarde entenderemos o razão da destemperada operação.

Segundo, a surpreendente operação, embora os proprietários o imóvel não participem da empresa interditada, naquela que foi residência do criador de todo o Bairro, o ex-prefeito, Benedito Pereira dos Santos, Sr. BPS. Um enorme e definitivo simbolismo.

Os políticos hoje no poder, embora com profundas divergências ideológicas no passado com o Sr. BPS, conseguiram atingir o poder graças a parceria e a aliança com o ex-prefeito.  Aparentemente, não apreciam essas lembranças.

Repetindo: Somos levados diariamente a imaginar as razões para os atos dos políticos brasileiros. Isso já está cansando a todos.

Viver é Perigoso