sábado, 13 de março de 2021

NÃO ESCAPA UM


O ex-ministro e ex-prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (PSD), virou réu nesta quinta-feira, dia 12, pelos crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro, caixa 2 eleitoral e associação criminosa.
 
De acordo com o despacho do juiz da 1ª Zona Eleitoral do Estado de São Paulo, Marco Antonio Martin Vargas, que aceitou denúncia do Ministério Público, entre janeiro de 2014 e dezembro de 2016, Kassab teria recebido R$ 16, 5 milhões em propina por meio de doações feitas pela empresa JBS, pertencente ao grupo J&F.

Parte desse valor teria sido transferido para financiar sua campanha ao Senado em 2014, e o restante sido entregue durante os anos seguintes, por meio de contratos fictícios e doações irregulares. 
Os pagamentos ocorreram, segundo o MP, mediante contrato fictício entre a JBS e a empresa Yapê Assessoria e Consultoria LTDA, controlada pelo ex-ministro. Kassab foi denunciado pelos crimes em fevereiro e negou as acusações.

Viver é Perigoso

Nenhum comentário: