segunda-feira, 22 de março de 2021

CONVERSA POSSÍVEL EM BRASÍLIA

 


IBGE - Senhor presidente, conforme apresentado no Orçamento Federal, o nosso Instituto perdeu mais de 90% da verba. O parecer retira R$ 1,76 bilhão do Censo, ante previsão anterior de R$ 2 bilhões para realização da pesquisa. Com isso, sobraram para o Censo apenas R$ 190,7 milhões já autorizados e outros R$ 50 milhões condicionados a proposta de crédito suplementar, o que ainda dependeria de autorização do Congresso. Caso confirmado, o corte de verba inviabilizará a realização do Censo este ano. Lembramos que pesquisa era prevista originalmente para 2020, mas foi adiada devido à pandemia.

Presidente - Fiquem frios. Não estão observando como estamos contribuindo para diminuição do número de pessoas a serem consultadas ? Estamos fazendo a nossa parte.

Viver é Perigoso 

Um comentário:

Anônimo disse...

números do censo servem para planejar o futuro
assim como a ciência
a gerência (?) do brasil de hoje só quer planejamento
até outubro de 2022