domingo, 21 de fevereiro de 2021

TUTTI BUONA GENTE




O Brasil celebra neste domingo (21) o Dia do Imigrante Italiano. Homenagem ao maior movimento migratório internacional da história do país.

Essa data foi escolhida para relembrar a chegada em Vitória (ES) do navio La Sofia, em 21 de fevereiro de 1874, dia que ficou marcado simbolicamente como o início do processo de migração em massa de italianos para o Brasil.
Vó Terza Tredicci, nascida  em Manciano, na Toscana no dia 16 de abril de 1891. 

O Vô Bisa Victorio Tredicci e a Vó Bisa Ildegonda Santinelli, vieram para o Brasil em 1894, trazendo os filhos Sílfide, Aurélio, Terza e Maria, para começar vida nova.

Fixaram residência em Ouro Fino.

Terza casou-se com o espanhol Jayme Martins Riera, nascido em 1886 em Barcelona, na Espanha, que com seus pais, João Martins Rippol e Francisca Riera, e os irmãos, vieram também para o Brasil em 1895.

A Vó Terza tomou o barco em 1958, com 67 anos. O Vô Jayme partiu, um ano depois, com 73 anos.

Nossa homenagem aos nossos italianos de Itajubá: Entre eles, Adami, Berti, Bonafé, Bonaldo, Bortoni, Cappelo, Caruso, Cascardo, Castellani, Cattapan, Castiglione, Cazarini, Ceravalo, Chiaradia, Consoli, Dastre, Del Ducca, Dotta, Ferrini, Gallo, Gargaglione, Gaudino, Giffoni, Lamoglia, Laurito, Maglioni, Mandolesi,Marotti, Marzullo, Masseli, Megale, Meloni, Ottoboni, Perroni, Piazzaroli, Pizzo, Pizzuto, Poddis, Puliti, Reale, Restani, Ricci, Ricotta, Rizzi,  Romano, Rotella, Sanches, Scalzo, Sciamarella, Spolzino, Storino, Trotta, Venturelli, Zaroni.

A cidade lhes deve muito e é grata.

Foto: Ao centro João Rippol e sentada a sua frente, Francisca Riera. À esquerda, Jayme e sentada, Terza.

Viver é Perigoso

2 comentários:

Julinho de Adelaide disse...

Perdoe-me, mas o principal movimento migratório para o Brasil veio de Angola.

Edson Riera disse...

Julinho da Adelaide

Com certeza e tristemente, o movimento migratório vindo da África não foi voluntário.

Zelador