quarta-feira, 2 de dezembro de 2020

SONHO DE CONSUMO



Conversa ouvida hoje nas proximidades da Igreja São José, na Boa Vista, é claro:

- Sinceramente Camarada, eu me sentiria plenamente realizado se o meu nome constasse do item 1 do "Mapa dos Influenciadores" .

- Ah ! se algum inimigo colocasse o meu nome no item 3, eu pediria asilo na Etiópia.

1 - Detratores do Governo Bolsonaro
2 - Neutros Informativos
3 - Favoráveis 

"O governo federal contratou uma empresa que classificou jornalistas como "detratores" em uma avaliação feita de postagens de influenciadores sobre o Ministério da Economia e o ministro Paulo Guedes. O relatório separou os nomes em três grupos: os "detratores" do governo Bolsonaro, do Ministério da Economia e/ou do ministro Paulo Guedes, os "neutros informativos" e os "favoráveis". No relatório, a empresa orienta o governo a lidar com os influenciadores. As medidas vão de esclarecimentos ao "monitoramento preventivo.
Intitulado de "Mapa de influenciadores", o relatório analisou postagens feitas em maio de 2020 sobre Guedes e seu ministério. A BR+ Comunicação, paga para fazer o monitoramento, tem contrato com o Ministério da Ciência e Tecnologia, que é aproveitado pelo Ministério da Economia por meio de um Termo de Execução Descentralizada de junho de 2020, no valor total de R$ 2,7 milhões, que inclui outros serviços de comunicação."

Viver é Perigoso

3 comentários:

Anônimo disse...

caríssimo é sempre assim quando não se tem nada a apresentar. Elencamos inimigos. Estamos sem rumo na economia, na saúde, na educação, na política, no ambiente temos um rumo: destruição. O outrora posto Ypiranga, âncora desse governo junto aos agentes econômicos, está sendo denominado o Prosador de Promessas ou como dizemos na terrinha um excelente Contador de causos.

Anônimo disse...

É , parece q os petralhas tem outras alternativas boas viu? Vamos aguardar, tudo a seu tempo.

Anônimo disse...

Petralhas já eram. Esqueça-os.