sexta-feira, 4 de setembro de 2020

TEMPOS COMPLICADOS



No dia 27 de dezembro de 1968, os cantores Caetano Veloso e Gilberto Gil, líderes do movimento tropicalista, foram presos no Rio de Janeiro após protestarem publicamente contra o regime militar do Brasil. 

O motivo oficial da prisão foi a "tentativa da quebra do direito e da ordem institucional", com mensagens "objetivas e subjetivas à população" para subverter o regime de governo estabelecido. 

Passaram 54 dias na prisão.

Por conta da popularidade dos dois artistas, ambos foram aconselhados a deixar o país. De fato, eles decidiram pelo exílio em Londres. 

Caetano e Gil retornam ao Brasil somente em 1972.

Viver é Perigoso

Nenhum comentário: