sábado, 29 de agosto de 2020

JUÍZO MOÇADA !


Deu no jornal "O Estado de São Paulo" de hoje (29/8)

Pesquisadores da França, Inglaterra e Suíça compilaram todos os estudos no mundo que avaliaram a hidroxicloroquina no tratamento da Covid-19, associada ou não ao antibiótico azitromicina, publicados até 25 de julho.

Esta avaliação é conhecida com Revisão Sistemática e foi divulgada ontem.

Ao todo, são 11.932 pacientes que tomaram hidroxicloroquina, 8.081 que tomaram o medicamento e mais azitromicina e 12.930 não tomaram nada.

As diferentes formas de análise mostraram que a hidroxicloroquina não reduziu as mortes por covid-19. Pior, quando associada à azitromicina, as mortes aumentaram 27%.

Viver é Perigoso 

Nenhum comentário: