quarta-feira, 22 de abril de 2020

VELHA POLÍTICA


Já era. Sentou para conversar com o ACM Neto, com o velho conhecido Kassab e caminha para entregar o Ministério do Trabalho para ninguém menos que o Roberto Jefferson.

Questão de sobrevivência. Numa baciada e juntinho com gulosos DEM, MDB e PTB.

E para se garantir, mais um general no time. Desta vez, Eduardo Pazzuello, na Saúde.

Citando Lampeduza, " tudo deve mudar para que tudo fique como está."

Viver é Perigoso


3 comentários:

Anônimo disse...

Apoiar-se nos militares até que tem certa lógica. No resto rendeu-se. E lá se vão as promessas de uma nova política. Nada mais antigo que o Centrão, DEM, MDB, Republicanos etc.E tudo por conta do comportamento instável. Faz declarações impensadas recebe o troco na forma de votações contrárias e tem que negociar. Tudo poderia ser evitado só que ele não capta. Filme reprisado Já já tá fazendo tudo de novo.

Anônimo disse...

Tem ainda o Valdemar da Costa Neto, julgado, condenado e preso no mensalão do PT. Companheiro do Roberto Jefferson, igualmente condenado.
Ficará com o banco do nordeste.
E para alegria geral tá chegando no grupo o Arthur Lira, condenado e preso devido à operação Taturana e, vejam só, condenado pela Lava-jato...Será que o moro vai tirar foto junto?
E o Paulinho da Força tá na espera também. Mas é mais modesto e só quer o controle do porto de Santos...
VIVA A NOVA POLÍTICA SEM TOMA LÁ DÁ CÁ!!!
E não vale dizer que foi ludibriado.

Anônimo disse...

O BRASIL PRECISA DE MAIS BRASIL E MENOS BRASÍLIA! Minas precisa de mais Minas e menos BHte! ITAJUBA precisa de GRANDEZA!