quinta-feira, 9 de janeiro de 2020

ANJO


Recebi na última semana do ano, na Boa Vista, é claro, de um anjo. Calma!

Um amigo de São Paulo, muito bem capacitado em termos de recursos, que está diversificando os seus investimentos, saindo, gradativamente, do convencional para o inovador.

Um anjo. Investe em promissoras startups.  Conversa interessante sobre um segmento extraordinário e ainda carente de regulamentação.

Hoje, o noticiário dá conta :

O governo deve enviar ao Congresso ainda no início de fevereiro uma propostas para criar o marco legal das startups. O texto será anexado ao projeto que começou a ser analisado no final do ano pela Câmara.

Quatro eixos principais nortearão as discussões:

Facilitar a participação das startups em licitações.
Dar segurança jurídica aos investidores-anjo.
Criar diferentes regimes de contratação para beneficiar pequenos negócios.
Estabelecer um modelo de regulação flexível

Em tempo, o projeto será relatado pelo deputado Vinícius Poit (Novo-SP). A presidência do colegiado ficou com o deputado João Roma (Republicanos-BA).

Questão que envolverá os interesses de muitas empresas empreendedoras do município: 

Viver é Perigoso

Nenhum comentário: