quinta-feira, 5 de dezembro de 2019

LIVRO, PRESENTE DE AMIGO


Muito bom de ler. Uma radiografia completa da Suprema Corte, desde o mensalão até o governo Bolsonaro. Escrito pelo jornalista Felipe Recondo, do site Jota (especializado em informações jurídicas) e pelo também jornalista e advogado, Luiz Weber, da Folha de São Paulo. Da Companhia da Letras, as 372 páginas vão num fôlego só.

Diz o livro em seu último parágrafo: " Criticar honestamente o Supremo é um esforço de quem quer preservar e aprimorar a instituição. Apontar seus problemas e vícios não tem por objetivo desprestigiar o tribunal."

Interessante tomar conhecimento como esses 11 senhores chegaram no STF. Apadrinhamentos e compromissos. Torna-se fácil constatar o quanto é politicamente direcionada as ações do Sr. Gilmar Mendes. Temido, odiado por quase todos os seus colegas ( e claro, pelos brasileiros).

A fraqueza técnica do Sr. Tóffoli, as incertezas da Sra.Cármen Lúcia e a arrogância cerrada do Sr. Marco Aurélio.

Segundo os autores, Onze é o número de ministros do Supremo, que atuam como "onze ilhas".

Conclusão: Pessoal e não dos autores: Podemos estar diante do pior STF da história.  

Ganhei o livro de presente de aniversário em setembro e agradeço a dica da Dra. Carmen Chiaradia que o levou para as leituras prioritárias.

Viver é Perigoso

Nenhum comentário: