domingo, 1 de dezembro de 2019

ACREDITE SE QUISER


João Heleno, Roni, Gatinho, Fabiano, Zé Maria, Marreco, Sylvio Riera, Binha, Cesário, meninada do Sr. Guilherme Cardoso e o amigo conhecido ontem numa comemoração de aniversário, o Marcelo

Com o devido respeito e registrando a amizade que nos une. 

Outro dia alguém escreveu que botafoguense dá um excelente marido. Se ama, não abandona,é sempre fiel ao seu time, que há séculos anda despencando pela tabela, imaginem com a esposa.

Segundo Nelson Rodrigues, torcedor do Fluminenses, torcedor do Botafogo é diferente: 

" ... ele compra o seu ingresso como quem adquire o direito, que lhe é sagrado e inalienável, de sofrer. Eis a verdade: - ele não vai a campo ver futebol. O futebol é um detalhe secundário e, mesmo desprezível. Ele quer, acima de tudo, desgrenhar-se, esganiçar-se e rugir contra o técnico e contra os jogadores.
No dia que retirarem do torcedor alvinegro o inefável direito de sofrer e, sobretudo,o direito ainda mais inefável de descompor o seu técnico, ele ficará inconsolável, como um ser que perde, subitamente, a sua função e o seu destino.
Tudo na vida é uma questão de hábito. E o cidadão que padece todos os dias, acaba-se afeiçoando ao próprio martírio ou mais do que isso: - o martírio torna-se insubstituível como um vício funesto.
É o caso da torcida alvinegra sofre e já não pode viver de outra forma."

São numericamente poucos e todos tendo herdado a paixão do pai. 

Ontem aconteceu um fato digno de registro. Sentados confortavelmente numa sala, abastecidos de cerveja gelada e salgadinhos vindos do paraíso, estando em 5, a conversa, como não poderia deixar de ser, voltou-se para as inúmeras e recentes conquistas do Flamengo. 

Conversa vai e vem, resolvemos identificar o clube de preferência de cada um. Pasmem ! Sob o mesmo teto, da rodinha de 5, nada mais do que 3 eram botafoguenses. Fato inédito e digno de constar dos anais de recordes da terrinha.

É a vida promovendo surpresas.

Viver é Perigoso

2 comentários:

ANSELMO disse...

A estrela solitária nos conduz.

Edson Riera disse...

Anselmo

Até tu Anselmo ?

Zelador