quarta-feira, 6 de novembro de 2019

CRISTIANIZAÇÃO NA POLÍTICA


Cristianização, na política brasileira, é a situação em que um candidato perde o apoio do seu partido, que passa a apoiar outro com mais chances de vitória numa eleição.

A palavra é derivada de Cristiano Machado, que se candidatou à presidência da república em 1950 pelo PSD. Ao longo da campanha, embora formalmente apoiado pelo partido, Cristiano viu-se abandonado pelos principais líderes, que passaram a defender a candidatura de Getúlio Vargas, do PTB, que acabou vencendo a eleição.

Viver é Perigoso

5 comentários:

Anônimo disse...

É "Cristiano Machado", mas pode vir a ser "Christian".
Huck Finn

Anônimo disse...

De toda forma o proximo sera aquele q o atual apoiar! Alias conf a pesquisa q indicar no momento! Simples assim.

Anônimo disse...

AS pesquisas indicam, no momento, que o o líder esta em terceiro lugar!!
Simples assim.

Anônimo disse...

Novo tempo ...nunca mais ...sarava...

Anônimo disse...

Itajubá despencou em todos os rankings nos últimos 7 anos. Desastre total. Vai ser difícil sair desta situação. Coitado do próximo prefeito, seja ele quem for.