sábado, 13 de julho de 2019

NUVEM NEGRA


Mais uma notícia ruim, das muitas divulgadas nos últimos anos, para a nossa cidade. Falta de aviso e alertas não foi. Será necessário muito esforço, estratégia e credibilidade, inclusive política. 

Ausência de relacionamentos externos, em muito, decorrente da desarmonia interna. 

R$ 500 milhões de investimentos suspensos.

Boa vontade com ingenuidade. Não foi por falta de aviso da chegada de fortes ventos contrários formados de antes das últimas eleições da Fiemg. Realismo não tem nada com pessimismo. 

Estamos lascados.

Oremos para que aconteça uma possível readaptação do projeto do Laboratório de Extra-Alta Tensão, que já foi do Senai, passou para a CNI, que tenta devolvê-lo para o Senai .


Em tempo: No dia 8 de julho (dois dias antes da declaração do presidente da Fiemg), segundo o site da Unifei, o Senhor Reitor da Unifei, professor Dagoberto Alves de Almeida, acompanhado pelo chefe de Gabinete, professor Jose Arnaldo Barra Montevechi, e pelo secretário de Ciências, Tecnologia, Indústria e Comércio da Prefeitura Municipal de Itajubá, o senhor Fernando Bissacot, foram recebidos pelo vice-governador do Estado de Minas Gerais, o senhor Paulo Brant, para tratar de questão relativa ao futuro do Instituto Senai de Inovação em Sistemas Elétricos (ISI-SE). Esta visita foi precedida por ofício assinado pelo senhor prefeito municipal de Itajubá, Rodrigo Riera, e pelo reitor, no qual expressam a preocupação de uma possível descontinuidade nas obras de implantação do ISI-SE.

Viver é Perigoso 

4 comentários:

Anônimo disse...

Zelador, se o prefeito de Itajubá e o reitor da Unifei atuaram junto ao governo mineiro pela não descontinuidade nas obras de implantação do ISI-SE, não podia dar em outra coisa, está explicada a paralisação deste projeto. Já temos as obras do aeroporto, do mercado municipal e do prédio das incubadoras de empresas da Unifei paralisadas, mais uma ou menos uma obra paralisada não vai fazer diferença. Só não param as obras do parque municipal. É a (triste) vida aqui na cidade fácil de ser amada.

Anônimo disse...

Espero que desta vez os parceiros da atual administração municipal - INOVAI, SIMMMEI, ACIEI, CDL, tenham algo a dizer. O silêncio destes parceiros, nos último seis anos e meio, tem sido ensurdecedor. Só ouvimos as vozes deles quando voltaram felizes do tour feito pelos EUA.

Anônimo disse...

Foram os tempos. Não vão dizer nada. Morrem de medo!Aliás não se manifestam sobre nadica de nada!

Anônimo disse...

Quando eu avisei em primeira mão que o contrato de supervisão de obras estava suspenso e que isso era indício de que tudo iria parar, Bissacot veio correndo falar que tudo estava mil maravilhas e a todo vapor. Agora será que aceita que a vaca foi pro brejo ?