terça-feira, 4 de junho de 2019

MAHLE EM ITAJUBÁ


Aconteceu hoje a primeira reunião da Audiência Pública sobre o Plano Diretor do município. Foi transmitida pela TV Câmara Municipal, muito embora só tendo assistido alguns trechos, pelas declarações, sou de opinião que não existe mais nada a ser discutido sobre o absurdo do aterro da várzea do ribeirão Piranguçu.

Indefensável !

O posicionamento da Mahle feito pelo representante da empresa não deixou dúvidas.

Anotem aí : 

A decisão e insistência do Prefeito em aterrar a Várzea do Ribeirão Piranguçu, deu o "mote" para para as providências da Mahle .

Para quem esqueceu:

Mote 
Verso ou pequeno conjunto de versos usados como tema e ponto de partida para o desenvolvimento do poema. Frase ou expressão que serve como ponto de partida para uma obra.Título, palavra ou frase que serve de tema a um assunto.Tema ou assunto de algo.


Sei não, mas estamos prestes a dançar, com plano diretor ou sem.

Viver é Perigoso   

3 comentários:

Anônimo disse...

Como pode um assunto desse já muito criticado no passado volte agora com tanta polêmica e oposição? Como podemos contrariar tantos pareceres técnicos e decisões de órgãos? Só os intere$$es envolvidos explicam.com a palavra o MP. e os eleitores.

Anônimo disse...

A opniao da Ângela Angela Collares foi como poderiamos ilustrar precisa....cirúrgica rs.Esta foi a opniao de Ângela collares sobre a audiência pública de ontem na câmara municipal. Plateia lotada de cargos de confiança do prefeito. Secretários, diretores e outros, parecia que foram convocados para estarem lá. Alguns até com postura truculenta e debochada, qdo alguém, que não era da patota deles se manifestava, se percebia ares incriminatórios e de escanteio. Notei nitidamente que a discussão não era, como deveria ser, sobre o plano diretor da cidade. E sim, mais uma vez, o aterramento da várzea que fica perto da Mahle e Helibras. O que se viu foi secretários e vereador, desesperados tentando convencer com argumentos falhos, fracos e até agressivos a necessidade de aterrar aqla várzea que tem histórico de propriedade obscuro, faz parte das investigações da Operação Lava-jato e eh de particulares. Parabéns vereadores Santi, Marcelo Krauss Rezende, Jorjão, Cleber David. Ricardo Zambrana. Parabens tb ao Fernando Pinto da AENAI, ao sindicalista José Carlos e ao Dr. Gabriel, da Mahle. Mas quem roubou a cena, falou tudo o que todos os itajubense tem engasgado na garganta, sem rodeios e firulas, foi a ex vereadora e ex secretaria Leandra Machado Santos 👏👏👏👏👏 minhas conclusões - Se a população não pressionar, se vereadores da banda do prefeito na caírem na real e continuarem sob o jugo dos interesses pessoais do prefeito, aqla várzea será aterrada, e pouco a pouco aquelas empresas que sofrerão as consequências com alagamentos e enchentes, cada vez mais propícias, sairão de Itajuba. Agora fica uma pergunta. Por que o prefeito priorizou lazer ao invés de investir em estrutura , construindo barracões para instalar as “inúmeras” empresas que procuram Itajuba para aqui ficarem? Há muita área desocupada e com estrutura para isso, inclusive com projeto para ser efetivado, ex. Área próximo ao presídio, que pode abrigar 70 barracões para abrigar as tais empresas que nos procuram.E mais, pelo andar da carruagem , pelo desespero de final de mandato, o mandatário da cidade fara de tudo para que isso aconteça. Acorda Itajuba!

Edson Riera disse...

Interesses -

Como afirmou ontem um correto é bem intencionado Secretário: Mistura fatal: orgulho com burrice.
Alguns da administração que chegaram agora, não sabem a diferença entre a Cofap e a Mahle. O mundo da produção industrial automobilística está se transformando e a Mahle é líder mundial e graças a essa infantilidade da Várzea a Prefeitura, não escaparemos . Oremos.