quinta-feira, 16 de maio de 2019

CANTINHO DA SALA


A obra ‘Meules’, pintada por Claude Monet, em 1890, marcou um novo recorde do artista ao ser vendida por mais de US$ 110 milhões em um leilão realizado em Nova York. Considerada um dos ícones do Impressionismo, a peça foi avaliada em cerca de US$ 55 milhões, preço que foi superado poucos segundos depois de sair à venda na tarde de Arte Moderna e Impressionista da Sotheby's.

Após uma oferta que durou mais de oito minutos e foi disputada por seis licitantes, ‘Meules’ alcançou um preço de martelo de US$ 97 milhões, quantia que chegou a US$ 110,7 milhões - o dobro da estimativa.

Viver é Perigoso

Nenhum comentário: