sábado, 30 de março de 2019

SITUAÇÃO INSUSTENTÁVEL


Segundo dados divulgados, na manhã de ontem pelo IBGE),13,1 milhões de pessoas estão à procura de vaga no mercado de trabalho.

A taxa de desemprego subiu para 12,4% no trimestre encerrado em fevereiro no Brasil. 

Quase 900 mil pessoas entraram neste grupo de desocupados.

Além disso, o IBGE mostra que falta emprego para 27,9 milhões, que é o maior número desde o início da série histórica, iniciada em 2012. Estas pessoas fazem parte da subutilização, cuja taxa está em 24,6% no trimestre encerrado em fevereiro.

Já ouvi uma das "otoridades" da terrinha tentar se desculpar sobre o deserto de empregos que assola a cidade nos últimos 6 anos:

 - Tá vendo ! não é só nóis não !

Claro que não. Aliás, a Administração tem contribuído e dado sua expressiva parcela de contribuição para engrossar os tristes índices divulgados pelo IBGE. 

O certo seria que os "assessores" declarassem na internet:

- Estamos felizes e orgulhosos. A nossa parte para para aumentar o número estamos fazendo. E mais, propiciamos aos nossos desempregados e subempregados, opções de distração jamais vistas. E para não se acostumarem com despreocupações, reduzimos as condições de atendimento médico, fechando o pronto-socorro da Santa Casa. 
Um pouco de preocupação mantém o cérebro atento. 

Viver é Perigoso
  

Um comentário:

Anônimo disse...

E o nosso presidente indo passear na terra santa!
E o pior, na visita desagradou os gregos e não agradou os troianos!Tenha santa (católica, judia ou muçulmana?) paciência!
Agora é só declarar guerra à Venezuela, para combinar: Nada a ganhar e muito a perder.
Colega de 87