quinta-feira, 28 de março de 2019

CHEGA DE SAUDADE


O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro confirmou, em segunda instância, a vitória de João Gilberto no processo que o pai da bossa nova move contra a gravadora Universal Music. Os desembargadores da 9ª Câmara Civil decidiram a favor do músico por três votos a zero. Ainda cabe recurso.

Com a decisão, a gravadora será obrigada a pagar os royalties da venda de discos —bem como danos morais—, que o cantor não recebia desde 1964.

O processo que corre no Rio de Janeiro é derivado de um outro que o cantor movia desde 1997 contra a EMI, que já foi condenada a pagar os royalties. Como esta foi incorporada pela Universal, a Justiça concluiu que a nova gravadora deve ser a responsável pelo pagamento.

Uma perícia calculou em R$ 173 milhões a dívida com o músico baiano.

Viver é Perigoso

Nenhum comentário: