segunda-feira, 3 de dezembro de 2018

O "X" DA QUESTÃO !


Juízo Moçada ! 

Após sete anos sem fazer licitação para varrição de ruas a cidade de São Paulo pode pagar R$ 171 milhões a menos por ano pelo serviço na cidade. 
A redução de cerca de 20% do preço do serviço em relação ao valor de referência da licitação em andamento na Prefeitura é o cenário que surgiu das melhores propostas das empresas classificadas. 
O contrato assinado em 2011, na gestão Gilberto Kassab, vem sendo prorrogado anualmente, amparado nos chamados "acordos emergenciais". (deu no Estadão).

Como segue o contrato de limpeza pública na terrinha ?

Viver é Perigoso

Nenhum comentário: