sábado, 1 de setembro de 2018

CLÃS DA BOA VISTA


Jayme Riera e Térza Tredici Riera, vieram respectivamente da Espanha e da Itália. Depois de andanças por Ouro Fino, Cachoeira de Minas, Borda da Mata, Pouso Alegre e Carmo de Minas, aportaram-se definitivamente na Boa Vista, é claro. Estão juntos, sentados um ao lado do outro, em fotografia tirada defronte a Igreja São José.   

Aparecem na fila de trás, da esquerda para a direita, Olívia, Domingos Del-Ducca, Guiomar e Osvaldo, com Osmar no colo. Dina e José, segurando Térça e José Junior.

Na segunda fila, Maria e Capitão Chaves, possivelmente, com Mirian e Jai. Luzia e Mário. Avelina e Geraldo. Maria e Antonio. Maria e Luís.

Na terceira fila, já a terceira geração, Lázaro e Neuza. Silvio, Elza, Arlete, Olavo, Tereza (da segunda geração) Luzimar, Mariluz, Cida, Jayme, Carlos, Neti, Terça e Edna.

Sentados, Paulo, Mario, Sebastião, Marco Antonio, Edson, Florinda, Elza, Eunice, Claudineia, Cleonice, Claudete, Elizabeth, Eliane, Virgínia, Carmelita, Luzia, Célia e Mirian.

Como a memória anda falhando, convém os primos corrigir eventuais trocas de nomes.

Família maravilhosa, hoje, esparramada pelo Brasil e pelo mundo, A primeira geração e a segunda, exceto pela Tereza, que maravilhosamente se encontra entre nós, todos os outros já tomaram o barco, deixando lacunas impossíveis de serem preenchidas.

Viver é Perigoso   

Nenhum comentário: