segunda-feira, 21 de maio de 2018

CPI DA COPASA


Foram definidos os membros da CPI da Copasa, na Câmara Municipal de Itajubá. São eles: Molina, Vladimir, Jorjão, Rodrigo Melo e Wilson do Povo. Com suplentes ficaram o Zé Maria e a Mônica.

Realmente o assunto Copasa precisava ser discutido. Inúmeras cidades do interior do Estado de Minas já tomaram essa iniciativa.

A comissão tem a maioria, exceto pelo Vereador Jorjão, quase total do Senhor Prefeito. Vai seguir sem maiores surpresas. 

Informações não faltarão, uma vez que a empresa esteve por longo tempo sob a responsabilidade do Deputado Federal Bilac Pinto, então atuando como Secretário Estadual. As reclamações, principalmente no tocante aos esgotos, são antigas. 

Registrando por questão de justiça:  Exemplar o atendimento dado pelos funcionários da Copasa. Recentemente tive provas disso em contato com a Rosângela, Gerente em Pouso Alegre, pelo Onofre e pelo Dener.

Facilitaria muito tomar conhecimento das conclusões das CPI´s semelhantes instaladas em outros municípios.

Sinceramente ? Não acredito em CPI´s. Tomara que desta vez eu esteja enganado.

Viver é Perigoso  

3 comentários:

Anônimo disse...

Nao vai dar nada. Comissão chapa branca. Lembram-se da CPI contra o BPS comandada pelo Vice prefeito quando era vereador?? Esquece, virem a página!! Ganhou mais uma o prefeito!!!

Anônimo disse...

Sabe os temas a serem discutidos? Tarifas? são reguladas por agência. Esgoto? quase 90% tratado. água tratada dentro dos parâmetros legais. Atendimento me parece bastante satisfatório. Para mim parece coisa política. Falar contra a concessionária e os preço dá ibope. Em 2013/14 a CM promoveu audiências sobre a concessionária. Deu no que?
cidadão preocupado

Anônimo disse...

Sinceramente ? Não acredito em CPI´s. Tomara que desta vez eu esteja enganado.

Pode ter certeza que nada sera feito. Só conversas. Alias esta câmara discutindo (de novo)quantidade de vereadores na altura do campeonato mostra a que veio e o que vai fazer nos proximos 2 anos.
Larga mão Zelador, ja era.
Agora com a gasolina a 5 o litro este pais não tem mais jeito.

Que venha o Bolsonaro!