terça-feira, 17 de abril de 2018

TUDO É PERIGOSO


Já dizia, ou não, um antigo compositor baiano:

"Atenção
Tudo é perigoso
Tudo é divino maravilhoso
É preciso estar atento e forte
Não temos tempo de temer a morte
Atenção para as janelas no alto
Atenção ao pisar o asfalto, o mangue
Atenção para o sangue sobre o chão
É preciso estar atento e forte
Não temos tempo de temer a morte"

Muito difícil viver no setor público durante um período de transição. Uns poucos percebem as mudanças. A maioria não.

Quem tem a sensibilidade para perceber o momento enfrenta grandes ondas e sai surfando nas cristas. 

Quem não tem, segue deixando correr livre, leve e solto cercado de assessores incapazes de desagradar, de apontar riscos e vivendo de aplaudir. Dá no que está dando. 

Acontecendo nessa era de solicitações de informações negadas, denúncias oficializadas, investigações demoradas e indiciações bombásticas,  perfis são levados de roldão com o agravante da provocação de desgastes que serão carregados por uma vida.

E o mais comum dos enganos: Quem culpar ? Vereadores independentes e operantes ? Não, pois são poucos e estão cumprindo suas funções. A imprensa escrita e falada ? Como se conta com uma raríssima exceção ? Forte política  opositora ? Como, se seria formada por entregadores de bolas de futebol   e meia dúzia de gatos pingados invejosos e aposentados?

Apenas um episódio fortuito ? Sabemos que não. Muitos outros capítulos estão em andamento.

 A saída é uma só: Explicar, justificar, admitir falhas, corrigir e seguir adiante com cuidado e transparência total.

Claro que não é nada fácil, ainda mais num ano eleitoral.

É a vida...

Viver é Perigoso  

   

4 comentários:

Anônimo disse...

Sem chance Zé. As pessoas dificilmente mudam. O que deve vir por aí é perseguições, retaliações, etc,etc,etc. Como na música já conhecemos essa letra.

Edson Riera disse...

Essa letra -

Sinceramente ? Também acho.

Zelador

Anônimo disse...

Ah! Me ajuda aí Zelador!

Explicar, justificar, etc... nesta altura do campeonato já não está mais pra confessar...

Confessar???? kkkkk

Sejamos realistas, vc está muito "otimista"! Devagar com andor porquê o santo é de barro".

Edson Riera disse...

Santo é de barro -

Uma coisa é certa: Nada certa como antes.

Zelador