quarta-feira, 11 de abril de 2018

GRANDE EXPEDIENTE


Nos últimos tempos, o principal item da pauta da Câmara Municipal de Itajubá tem sido o chamado de "Grande Expediente", quando os vereadores têm um espaço aberto de alguns minutos para pronunciamentos. É o último item da pauta. O público, em média de 10 pessoas, se retira, acompanhando a maioria dos vereadores. Um deserto.

Penso que o "Grande Expediente" deveria ocupar um horário nobre na programação.

O Blog recebeu um vídeo com o discurso do Vereador Tenente Melo proferido no citado Grande Expediente da última Reunião Ordinária.

O atual Vereador, ex- secretário de Industria e Comércio e ex- secretário de Comunicação, que era suplente do Engenheiro Bissacot, que também era suplente do Sargento Pereira, que pediu afastamento do cargo para ocupar uma secretaria municipal é conhecido como pessoa de total e irrestrita confiança do Prefeito Municipal e até mesmo um porta-voz do Chefe do Executivo, abriu a caixa de ferramentas da atual administração.

Colocando o  seu nome a disposição do seu partido (não sabemos qual), deu a entender, que seu propósito, com o intuito de proteger os itajubenses, era o de única e simplesmente desancar o partido dos trabalhadores e o nosso deputado (nosso por ser um itajubense eleito, nascido, criado e com família na terrinha)  Ulysses Gomes, que dentro das possibilidades vem mantendo uma importante presença na região. Só não vê quer não quer.

Começou errado o nobre vereador. Não é da índole do nosso povo utilizar o ataque como defesa. Como todos os cidadãos em dia com as suas obrigações ele têm o direito de almejar um cargo público através de eleições.

O povo quer ouvir ideias e propostas construtivas e ouvir do pré-candidato, casos de sucesso no seu trabalho recente. Por exemplo, no desenvolvimento e nas comunicações, nos últimos anos, no município. Postos de empregos conquistados, implantação de novas empresas e manutenção das já instaladas. Comunicação ampla, irrestrita, transparente. 

Lógico que coisas boas como o parque, calçadão, restaurante popular e projetos de salas de cinema aconteceram. Divulgue-as e apresente novas propostas.

Ah ! Quanto a paralisação das obras do aeroporto, as mesmas foram suspensas/canceladas, da primeira vez, mesmo após licitação concluída,  quando o atual grupo político municipal, há tempos no poder, houve por mal, desconsiderar tudo o que já havia feito. Uma hora sai.

É a vida...

Viver é Perigoso    

   

5 comentários:

Anônimo disse...

O tal tenente parece ser pessoa correta. Vários na cidade afirmam isso. Agora se submeter a esse papel ridículo de ser, unica e exclusivamente, ridiculamente a caixa de ressonância do alcaide é lamentável. Serão ao que consta 2 ou 3 "candidatos" a dep. estadual fazendo esse papel na cidade. Muitos desejam um assento na Câmara Municipal, poucos o conseguem e ainda menos os que o fazem dignamente. Usar essa espaço de representação popular apenas para atender os desejos poucos republicanos de raiva e perseguição num período de eleição é lamentável. Triste!! Pobre Itajubá!!

Ok, ok, nós temos o parque e o lago! esta tudo bem!!

Anônimo disse...

Me ajuda aí Zé Lador!

Corretíssimo! Foi "o" secretário municipal de Administração qdo a PMI estava mais Atrativa e o rh contava com mais Arte & Brilho!

Edson Riera disse...

Pobre Itajubá -

Não entendo o que está acontecendo com esse pessoal. Talvez uma vontade sem tamanho de agradar.

Zelador

Edson Riera disse...

Atrativa -

O Blog está carecendo de uma secretária bilíngue para traduzir esses comentários, aparentemente, sem nexo.

Zelador

Edson Riera disse...

Marco Antonio -

Concordo inteiramente com você. Atiçaram seus fiéis para atacar os outros. O próprio chefe não dá o menor valor para esses emissários do mal. Especialistas em nada, exceto a destruir pontes e construir muros. Não irão longe.

Abraço

Edson