quarta-feira, 27 de setembro de 2017

OS TEMPOS SÃO OUTROS


Durante muitos anos, aqui em Itajubá, só vivia um cidadão chinês. Um cavalheiro. Trabalhava com uma tinturaria no centro da cidade. Boa pinta, ternos bem cortados e sapatos de couro, tipo 2x1 (duas cores). Exímio dançarino. Discreto Showman. Brilhava nas noites dançantes de sábado no Clube Operário, na Boa Vista, é claro, sob o som da Big Band do Sr. Galvão.
As moças vibravam com o China (como era tratado) tirando-as para dançar. Discretíssimo e silencioso. Flutuava pelo salão, lubrificado com parafina, como uma pluma.

Os tempos são outros. Os chineses estão chegando em Minas Gerais e no Brasil para comandar os negócios.

Hoje, a empresa State Power Investmet Corporation venceu o leilão pela usina de São Simão, o ativo mais valioso operado pela Cemig, posto à venda pelo governo federal hoje na B3, em São Paulo. O valor de arremate foi de R$ 7,180 bilhões. 

Os franceses da Engie levaram Jaguara por R$ 2,171 bilhões. O valor foi superior ao lance inicial de R$ 1,911 bilhão. Eles também arremataram Miranda, por R$ 1,38 bilhão. A Cemig tinha esperança de manter Miranda. O grupo Engie é o segundo maior do mundo no ramo.

Resta ainda a usina de Volta Gtande.

Viver é Perigoso

5 comentários:

Anônimo disse...

Zézinho

Saudades do Itamar .

Alaor

Anônimo disse...

São as "Estatais" chinesas levando as brasileiras...
Que "privatização" é esta?
Antes as estatais eram administradas por políticos de Brasília. Agora serão por politicos que ficam a 20.000 km daqui!

Colega de 87

Edson Riera disse...

Colega de 87,

Ficará mais em conta para os brasileiros. O que tem de indicado político participando da folha de pagamento das estatais brasileiras é um festa. Das obras é que saiam as propinas.

Sinceramente, por mim, tudo seria privatizado, desde que, a preços justos, de mercado.

Zelador

Anônimo disse...

O problema é que a politica chinesa é de "dominação"...eles começam comprando e depois vem os "trabalhadores", alias, eles tem um "estoque" de mais de um bilhão...
Outro problema é que a corrupção sera a mesma ou pior!
Veja como funciona as mafias chinesas!
E não estamos privatizando. As estatais estão deixando de ser nacionais para se tornarem chinesas, com compromisso zero com o nosso povo, ou seja, nossos filhos, netos, sobrinhos, irmãos, pais, tios, etc...
Colega de 87 (alias, ex-morador da Boa Vista, é claro!)
Sou favorável à privatização, desde de que para empresas "privadas".

Edson Riera disse...

Colega de 87,

Quem quer que esteja fazendo negócio com o Brasil está correndo um sério risco. Não devido ao mercado, que é garantido, mas face a legislação.

Os chineses já estiveram em massa por estas bandas, quando da construção da estrada de ferro Madeira-Mamoré, a famosa Mad Maria. A maioria ficou por aqui abatida pela malária. Cada dormente, uma vida.

Da Boa Vista, é claro, então sabe que a liberdade de pensamento e expressão é cláusula pétrea.

Zelador