quinta-feira, 17 de agosto de 2017

LIVROS À MÃO CHEIA


O já famoso Book Friday da Amazon começou hoje ao meio-dia e vai até às 23:59 de amanhã. Megapromoção de livros, com 35.000 títulos, entre impressos e digitais.

Gosto de comprar livros nas livrarias. Olhar, folhear e ler orelhas. Mantenho sempre na minha listagem, algo próximo de 50 títulos. Alguns estão lá há muito tempo. A medida que o tempo passa e aquisições são feitas, outros vão os substituindo.

Mas não dá mais. Os preços via internet são mais interessantes, mesmo considerando em alguns casos, o valor do frete. A entrega tem sido bem rápida. 3 ou 4 dias a compra já está em casa.

Ainda não fiz negócios com a Amazon. Compro na Saraiva e na Cultura, mas sei que é questão de tempo. A presença comercial da Amazon é avassaladora.

Ah ! Nunca comprei ou li  livros digitais. Tenho mania de rabiscar, anotar e vez por outra olhá-los na prateleira.

Comprei e li, na última semana, um livro badalado. "O Vendido" - Paul Beatty, vencedor do Man Booker Prize. Confesso que um pouco despertado pelos acontecimentos de Charlottesville.

Sobre o livro, disse o The New York Times:
"As primeiras cem páginas do livro são as mais cáusticas e fortes que li em um romance americano em pelo menos dez anos"

O livro começa assim: " Pode ser difícil de acreditar vindo de um negro, mas eu nunca roubei nada. Nunca soneguei impostos nem trapaceei no baralho. Nunca entrei no cinema sem pagar. Não assaltei uma casa. Não roubei uma loja de bebidas. Nunca entrei num ônibus ou num vagão de metro lotado e sentei no lugar reservado para idosos "

Não leia.

Viver é Perigoso      

Nenhum comentário: