sexta-feira, 28 de julho de 2017

ITAJUBÁ VELHO


Como foi chamado, durante certo tempo, o atual município de Delfim Moreira. Politicamente falando, Itajubá Velho é a terrinha em que vivemos.
Lamentavelmente, não dão conta que os tempos estão mudando. Não devem ler a Folha de São Paulo, Estadão, O Globo, Veja, Época, Isto É e tão pouco assistir os jornais da TV e ouvir a Band.
As atitudes, inclusive a linguagem, estão tendo que adaptar aos tempos de fim dos papos furados, de promessas impossíveis de serem cumpridas, tapinhas nas costas e, principalmente de inverdades.
Entrando no assunto:
Todos os poucos itajubenses que buscaram esclarecimentos sobre a construção do aeroporto, vendas de imóveis públicos, doação de área privilegiada para construção de cinema particular e sobre a parceria para construção e exploração do Parque Municipal, são considerados pelos membros da atuação Administração, como contrários aos empreendimentos citados.
Puxam pelo paletó ou pela camisa um amigo ou parente e murmuram em tom de lamento: " Que pena que o Zezinho, o Chico e o Marcelo, sejam contra o cinema e um parque na cidade. Seria tão bom... e complementam dizendo: "eles não são más pessoas, mas estão dominados pelo ódio, pela inveja e tomados por ambições políticas. É uma pena..."
Realmente, o tal de Zezinho pode estar de abelhudo na história, mas o Chico e o Marcelo assumiram o compromisso público de fiscalizar o Executivo e estão tentando cumprir as suas funções.
Parem com isso Moçada.
Não é vergonhoso e tão pouco humilhante prestar de pronto, ou mesmo antecipar, esclarecimentos sobre os bens públicos. É engrandecedor.
Apoio integralmente os projetos de PPP, uma vez que se tornaram escassos os recursos públicos. Não conheço mas vejo fotografias e comentários positivos sobre o Parque Municipal. Muito bom.
Não cochichem ou propagandeiem que ocorreria o contrário.
Informem e cest´fini.

Viver é Perigoso
   

2 comentários:

Antonio Thomas disse...

isso é de uma pequenez tamanha ... você não pode criticar que já vira inimigo, está com inveja ou não quer o bem da cidade. isso é político velha, suja e rasteira. mas infelizmente o povo está acostumado com isso.

como participei da gestão passada, as mesmas críticas que hoje eles consideram inveja, etc e tal eram feitas pelo governo atual. Itajubá só perde com isso. a população só perde com isso.

E não vejo melhoras a curto prazo.

Edson Riera disse...

Caro Thomas,

Coisas de aldeias. Em poucos aspectos nós avançamos. Em outros tantos, regredimos. Nos últimos tempos perdemos a liderança no Sul de Minas e sem projetos de desenvolvimento nos tornaremos uma cidade dormitório. Pior que não se trata de pessimismo. Lamentavelmente é a pura realidade.

Abraço,

Edson