terça-feira, 11 de abril de 2017

COBRAS E LARGATOS


Um amigo gozador mandou ontem, via email, uma gravação da entrevista concedida pelo Prefeito Municipal na Rádio Jovem FM. 

Ouvi trechos e senti enorme desconforto com as perguntas-ajuda feitas, quase em tom de desculpas, pelo entrevistador.  

Enquanto fazia uma coisa e outra fui ouvindo o programa pago. Certamente pago. 
Comecei ouvindo um absurdo desses que a gente esperava nunca ouvir. O Prefeito reeleito afirmou, segundo entendi, que o Parque Tecnológico (certamente misturando com o Projeto Tecnópolis) foi uma mentira, uma ação de marketing.

Parei por aí.

O Projeto de Desenvolvimento extraordinário, idealizado em princípio pelo Professor Renato Nunes, também ex-reitor da Unifei, pelo Reitor da época, Professor José Carlos Goulart, e adotado pelo Prefeito Chico Marques, Pela ACIEI, com o Professor José Célio Silva, a CDL, com o George Kallás e diversos cidadãos, com o empresário Alfredo Junta, Jean Mohallen e tantos outros, entre os quais tenho a honra de ter participado, com investimentos superiores a R$ 40 milhões seria um blefe.

Saberia o Prefeito que a expansão da Mahle, avançando da fundição de anéis para a produção de produtos acabados, que a implantação e expansão de diversas empresas, como a Cabelauto e Cabelte (e que desta originou o Teatro Municipal), o projeto do aeroporto de Itajubá, a transformação da nossa Escola em Universidade, com a criação de novos cursos e elevando espetacularmente o número de vagas e proporcionando oportunidades, a Incubadora de Empresas, caíram do céu ? 

Sinceramente ? As declarações do Prefeito nas rádios locais não podem ser consideradas ao pé da letra.

Consequentemente, torna mais árdua, para não dizer impossível, a missão do Secretário Fernando Bissacot.

Dos políticos antigos já conhecemos muito. Quase todos são atacados, mesmo que parcialmente, por uma espécie de Alzheimer, que os faz esquecerem tudo de bom e importante que aconteceu quando não detinham o poder.

Ah ! Sobre os inquéritos e processos em andamento, nada foi perguntado e muito menos respondido.

Estamos lascados.

Viver é Perigoso  

Nenhum comentário: