sexta-feira, 16 de setembro de 2016

CARTA QUE NÃO ENVIEI


Itajubá, 16 de setembro de 2016

Caro Dr. Ricardo Mello

Há poucos meses fomos honrados com sua visita. Na Boa Vista, é claro. Sem recados, telefonemas e bilhetes, chegou de mansinho, bateu palmas no portão e de lá mesmo consultou sobre a possibilidade de trocarmos umas palavras.

Apreciei sua sinceridade, coragem e determinação ao falar da possibilidade de se tornar candidato à Prefeitura de Itajubá. Agradeço sua confiança em adiantar, em poucas palavras, os seus planos, projetos, dificuldades e esperanças de novos tempos. 

A caminhada estaria apenas iniciando. Impressionou-me ao falar dos seus desencontros, decepções, grandes perdas e enormes alegrias acontecidos pela vida afora.

Dr. Ricardo, conheço-o, mesmo de longe, desde os meados dos anos 80, quando voltamos a residir em Itajubá. Aprendi a admirá-lo pela sua dedicação e envolvimento com a saúde pública. Sou testemunha de sua intervenção em inúmeros casos que vieram minimizar sofrimentos.

No momento em que a sua candidatura é uma realidade, confirmo-lhe o que foi lhe dito pessoalmente. No meu modo de ver, o Senhor preenche, com todas as condições do mundo, a principal característica que se exige do homem público: Visão social apurada.
As demais exigências, também importantes, como a coragem, determinação e honestidade lhe são natas.
Defeitos, todos os temos. Na política tradicional, sua espontaneidade, respostas curtas e diretas e até uma certa secura no debate, são defeitos. Não os corrija. 
Adicione apenas algumas gotas de paciência.

No final da nossa agradável conversa, tomei a liberdade de fazer alguns comentários sobre campanhas políticas majoritárias em Itajubá. Perdão pela pretensão, mas sobre o tema, experiência não me falta. Conheço bem o palco e os atores.

Falei sobre a possibilidade da ocorrência de tentativas de insultos, ofensas, inverdades e verdades distorcidas. Comentei sobre os seus possíveis adversários, adiantando que deles não partiria nenhuma ação nesse sentido. Deixando claro, que não por ter ocorrido alguma evolução nas pessoas e no modo de fazer política, mas porque, no caso específico, estariam usando como armas, bumerangues.

Não existe maneira de controlar enorme equipe de assessores e de contratados temporariamente para campanhas eleitorais. Querem mostrar serviço e fazem enormes besteiras.

Pelo que leio é o que começa a acontecer.

Siga avante. Ficaremos sempre contentes em recebê-lo.

Um abraço,

Viver é Perigoso 

16 comentários:

Anônimo disse...

zezinho, não é vc, não é seu estilo, não é sua maneira de viver, não é isso que vc quer pra sua terrinha, pra nossa, menos meu caro, ta certo que nãpo nos resta outra opção mas dai...
Olha ele não vai levar e poderia até lhe dizer os motivos mas "SE" levar vou ficar feliz em somente ler o Jornal independente toda as quartas pois realmente vai ser hilário.
Seriam 4 anos de muitas emoções.

Mas esquece, é só dois pro RR e depois Deputado, pra gente aprender e agradecer ao chico por toda esta situação que ele criou na terrinha;

Anônimo disse...

"Sem recados, telefonemas e bilhetes, chegou de mansinho, bateu palmas no portão e de lá mesmo consultou sobre a possibilidade de trocarmos umas palavras."
Lindo! O Zelador está se esmerando na gentileza das palavras.
Seus textos são sublimes! Esse paragrafo em especial lembra até aquela música do Roberto Carlos, aquela que o cachorro sorriu latindo.
Ter apoiadores como você, o Remy e o Santiago com certeza ajuda muito na campanha do Dr. Ricardo, é quase convincente!
Mas prá mim, não cola! Com todo respeito, principalmente pelo Meloni, de quem gosto muito.
Se eles fizerem isso lá em casa, vou olhar pela fenda da cortina e fingir que não tem ninguém em casa. Mas não pense que estarei sendo mal educado!
É que sei que durante a campanha não se pode perder tempo, e nesse caso, a singela visita seria totalmente desnecessária.
Caso liguem, mandem recados ou bilhetinhos, agradecerei e educadamente recusarei a visita! Melhor ser sincero né?!
Mas se o contato tentar ser feito por algum apoiador do PT, vou que ter soltar os cachorros!
Não dá para votar em ninguém que se envolva com o PT.



Edson Riera disse...

Anônimo das 19:34 horas,

Na Boa Vista temos o costume de receber bem as visitas. Com muita honra recebemos outros candidatos para um cafezinho, que você nem imagina. Daqueles que não olharia pela fenda da cortina. Correria para estender um tapete vermelho. Normal.

Não fale de envolvidos com o PT. O PMDB sempre esteve junto e ajudou a afundar, com todo o seu apurado fisiologismo, o País.

Caíram fora agora porque o barco fazia água. Mas continuarão juntos, pelos menos, no banco dos réus. Ah! serão vizinhos de cela na Papuda ou em Curitiba. Aguarde.

Zelador

Anônimo disse...

Ei...
Por favor, não faça má ideia de mim.
Também sei receber bem e faço um cafezinho delicioso.
Só não quero papo com Petista nenhum!
Também não estou defendendo o PMDB, que é lixo também!
Inclusive os daqui. Mas você que sempre critica o lixo do PMDB daqui e não faz a mesma critica dos Petistas da sua coligação é de uma inconsistência gritante.
Fez diversos post contra o Lula e CIA LTDA, mas se esquece que o Pimentel, o Odair, seu fiel escudeiro Ulysses, a Celinha, o Paulo Guéla e etc.. todos defendem quem você ataca!
É só ver a publicação deles no face e suas conversas prá boi dormir.
Entendeu ou quer que eu mande um power point?

Anônimo disse...

Interessante notar que o majestatico zezinho ,sempre recebe na boa vista,mas nunca é recebido. ....

Anônimo disse...

Sr Ricardo,de onde vens, pra onde vais. .....a gente só queria saber, quem é o senhor? ?

Anônimo disse...

Zé,em qq lugar em Itajuba, temos o costume de receber bem as pessoas....em qq lugar..claro que na varginha, são mais eleitores,no BPS, são mais abastados,no centro,pagam mais ipva, e,assim, sucessivamente. .....o que temos é o que nos difere, é a maior ou menor arrogância. .....

Edson Riera disse...

Anônimo das 22:26 horas,

Desculpe-me. Cito o PMDB, como poderia citar o PSDB e todos os outros. Da maneira que funcionam no Brasil, não dizem mais nada, além de agrupamentos. Sem ideologia, sem compromisso, sem verdades. E todos, desde os municípios, têm donos.
Usando a sua sugestão tentarei um power point:
O s petistas que conheço não concordam com os absurdos cometidos pelos dirigentes partidários e tão pouco são cúmplices. Têm pai, mãe, esposa e esposo, filhos, netos e amigos. Trabalham, pagam suas contas, vão ao supermercado, frequentam igrejas, creem em Deus, choram, riem, leem, ouvem músicas, assistem futebol pela TV, sabem fazer café. São gente como a gente.

Zelador

Edson Riera disse...

Anônimo das 23:08 horas,

Majestático é palavra usual de bacharel de direito. Fica bom.

Você já deve ter ouvido de Pasárgada. ...Vou embora para Pasárgada, lá sou amigo do Rei. A Boa Vista é a minha Pasárgada.

Coisa raríssima eu sair de casa em Itajubá. Tenho passado poucos dias na terrinha. Sou sempre bem recebido na casa dos meus filhos, meus irmãos (são 10), meus sobrinhos, meus cunhados, O Dr. Aldo está sempre convidando. Em todo caso, apareça.

Zelador

Edson Riera disse...

Anônimo das 23:10 horas,

Olhe bem de frente para o Dr. Ricardo e faça essa pergunta direto para ele. Posso imaginar que ele continuará salvando vidas, minorando sofrimentos... é a vida de um médico dedicado e não preocupado com bens materiais.

Zelador

Edson Riera disse...

Anônimo das 23:16 horas,

Não entenda como arrogância a sinceridade dura. Não entenda como arrogância escritos e relatos que batem de frente com os seus pensamentos.

Por amizade e respeito, amigos e não tão amigos nos dão a honra de uma conversa.

Quem me conhece de perto sabe que não sou arrogante. Ou arrogante seria todos aqueles que escrevem, publicam e assinam ?

Zelador

Anônimo disse...

"Os petistas que conheço não concordam com os absurdos cometidos pelos dirigentes partidários e tão pouco são cúmplices."
O Odair e o Ulysses não defendem o Pimentel? Fala isso não, pode comprometer os garotos. E eles tão bem na fita com o cara do Acrônimo.
Também não defenderam a Dilma e o Lula? O Paulo Guéla e a Celinha também não? O que é isso companheiro? Que injustiça!
Todos defenderam ferrenhamente o "comandante máximo" e seu "cone". Todos ainda dizem que foi golpe e que não existem provas. Também acham que o power point foi muito mal feito.
Fico triste quando vejo o Wander Machado, ele se desfiliou do PT, e agora tem que ficar explicando para os amigos sobre suas antigas e extremas opções.
Prá mim são todos beneficiários da Proprinocracia! Podem não ser cúmplices diretos nas falcatruas, mas se beneficiaram muito delas!
Petistas, não!

Edson Riera disse...

Anônimo das 08:19 horas,

Perdão, mas você parece um petista antigo defendendo seu pensamento.

Zelador

Anônimo disse...

Zelador! Magoei....eu pareço petista antigo?
Existe petista moderno?
São esses que vc defende e apoiam o Dr. Ricardo?
Kkkkkkk.....

Anônimo disse...

Prezado Zelador, vou copiar sua ideia para transmitir minha mensagem.

Caro Dr. Ricardo Mello
Não tive o prazer de receber sua visita, moro fora de Itajubá e ficaria difícil disso acontecer. Estarei aí em 02/10/16 para votar, quem sabe nos encontremos!
Mas se já tivéssemos conversado, lhe daria os parabéns pelos exemplos morais de sua atuação na vida pública. Sua experiência no projeto SOS AIDS e sua atuação como vereador o qualificam como um bom candidato.
Seu vice, professor Meloni também é uma pessoa do bem, que merece todo o meu respeito.
Tenho acompanhado a campanha pela internet, e parece que é desproporcional o poder econômico envolvido e parabenizo seus apoiadores que tentam equilibrar essa desigualdade de forma voluntária e apaixonada.
Não tenho a mesma experiência do Zelador para lhe aconselhar, mas ele tem toda razão em suas colocações.
Todos temos erros, seu oponente principal tem vários, que já são públicos.
Reforço sobre a possibilidade da ocorrência de tentativas de insultos, já vi isso ocorrer em várias campanhas. Mas não se abata, também são públicas as suas opções, e não vejo nenhum problema nisso.
A seriedade, honestidade e dinamismo é o que interessa em um homem público.
O que Itajubá merece é um projeto sério, impessoal e que consiga oxigenar seu desenvolvimento.
Porém, faria críticas a alguns partidos e pessoas que se juntaram a sua coligação.
Muitos deles parecem ter aderido a sua imagem somente para pegar uma carona.
Tenho certeza que se vocês tivessem sidos lançados sem esse peso morto, sua campanha seria muito mais consistente.
Estou propenso a votar no 18, porém gostaria de saber mais de suas propostas.
O que vi na internet é muito superficial, peço-lhe que o senhor e sua equipe as desenvolvam mais, para que possamos ter certeza nas urnas.
Utilizarei o anonimato para não ter problemas com seus opositores, que todos nós sabemos são vingativos, e tenho família em Itajubá.
Continuarei acompanhando a campanha e aguardando suas propostas.
Desejo-lhe boa sorte!

Edson Riera disse...

Prezado Anônimo das 18:52 horas

A minha participação nesse processo eleitoral é bem menor do que gostaria. Como você, tenho parado pouco na terrinha. E por ocasião da visita do Dr. Ricardo, lhe adiantei que por razões conhecidas, não participaria da linha de frente.
Como você registrou, por ser mais antigo, acabo por ter mais experiência. Experiência na política é bom e também ruim. Ruim porque os sonhos ficam curtos. Boa, pois pode evitar grandes erros. Não participei da formação do grupo político que apoia o Dr. Ricardo. Tomei conhecimento como todas as outras pessoas. Como tenho entendido que os partidos passaram, dentro em breve, por uma grande transformação, não considerei ideologias.
As críticas feitas a atual administração nos últimos anos nunca foram sequer consideradas e quando o governo municipal prega continuidade...Ficou difícil aceitar. Também espero mais informações do pessoal que está ao lado do Dr. Ricardo.
Vamos adiante,

Zelador