sábado, 20 de agosto de 2016

CASA DE ORAÇÃO


A Convenção Batista Nacional da Paraíba (CBN-PB), emitiu nota para repudiar qualquer tipo de propaganda, nos púlpitos das igrejas evangélicas, por parte dos líderes e pastores.
A Convenção entende que o uso político dos púlpitos é um desrespeito à legitimidade do culto e à lei eleitoral, que proíbe manifestação política nos templos religiosos.

A nota emite o seguinte texto:

“A CBN-PB entende que é impossível ser apolítico e que o querer ser é de certa forma um sinal de ignorância e alienação. Portanto, somos políticos no sentido mais amplo da etimologia da palavra e louvamos a Deus pela liberdade que a Democracia nos confere de exercermos a nossa cidadania e lutarmos por um país melhor através de um dos instrumentos democrático, o voto.
Entretanto, ao que se refere a propaganda eleitoral dentro dos templos e, mais escancaradamente, na hora de culto, feita por muitos líderes evangélicos, sendo o recinto lugar e momento no qual as pessoas se reúnem com um sentimento cândido voltado para a busca da transcendência, é no mínimo uma atitude covarde e desrespeitosa por parte de quaisquer pastores ou líderes subordinados, além de ser uma que fere a legitimidade do culto, que é totalmente Teocêntrico, o fazendo passar a ser herético por desvio de foco.
Os batistas consideram como inalienável a liberdade de consciência. Cada pessoa é competente e responsável perante Deus, nas próprias decisões e questões morais e religiosas. A Bíblia revela que cada ser humano é criado à imagem de Deus, é único, precioso e insubstituível. Criado ser racional, cada pessoa é moralmente responsável perante Deus e o próximo.
O pastor, na qualidade de cidadão, pode e deve exercer a sua cidadania normalmente com deveres e direitos conscientes e livres. Mas, a pretensão de tentar manipular o povo de Deus sonegando o tempo do culto para defender políticos não é somente crime, mas se torna uma atitude insana e diabólica.
E disse-lhes: ‘A minha casa será chamada casa de oração.’

Convenção Batista Nacional da Paraíba

Viver é Perigoso

Nenhum comentário: