terça-feira, 19 de abril de 2016

PASSEM NO CAIXA !

Silvestre e Aelton
Conforme previsto, o Deputado Aelton Freitas (PR), que votou pela permanência da Dilma, foi agraciado com a liberação de emendas, via Ministério de Integração Nacional, no total de R$ 3 milhões.
O Palácio do Planalto mandou liberar recursos do Ministério da Integração Nacional para pagar R$ 50,5 milhões de emendas parlamentares de deputados do PR que votaram contra o impeachment. O partido orientou seus deputados a votar contra o impedimento. No entanto, dos 40 parlamentares da legenda, 26 votaram a favor da saída de Dilma, dez votaram contra, três se abstiveram e uma faltou. 
O deputado José Rocha (BA) foi o que recebeu promessa de maior liberação de recursos – R$ 19 milhões.
Em relação aos empenhos já realizados, o deputado Vicentinho Júnior (TO), é o destinatário de um total de R$ 4,5 milhões. O deputado Édio Lopes (RR) teve R$ 6 milhões empenhados.
A lista continua com R$12 milhões a serem liberados para Wellington Roberto (PB), R$ 6 milhões para João Carlos Bacelar (PR-BA) e R$ 3 milhões para Aelton Freitas (MG), líder da bancada. 
Não sei se tem algum troquinho para a terrinha. No final de 2015 foi anunciado a liberação de R$ 3 milhões (seriam os mesmos ? ) para atender um pedido da PMI visando melhorar as condições de trânsito na BR-459. Falou-se no trevo e na ponte nas proximidades do Jardim das Colinas. Quem esteve em Brasília foi o Vereador Sebastião Silvestre.

É a vida.

Viver é Perigoso

2 comentários:

Anônimo disse...

Quem esteve em Brasília foi o Vereador Sebastião Silvestre.

Claro q a unica coisa que ganhou é a DIARIA!

Anônimo disse...

Zelador,

Show de bola de seu deputado Dimas que gritou ITAJUBÁ para o Brasil todo ouvir o voto que dignifica a gente de nossa terrinha!

Bravo!
Eta moço do bem! Imagiuno que foi o unico que o Chico acertou! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk