segunda-feira, 7 de março de 2016

SOB A LUZ DE VELAS


A alegria do que nos alegrou dura pouco. A dor do que nos doeu dura muito mais. Vê se consegues poupar a alegria e esbanjares o que te dói. Vive aquela intensamente e moderadamente. E atira a outra ao caixote. Talvez chegues a otimista profissional e tenhas uma bela carreira de político.

Vergilio Ferreira

Nenhum comentário: