segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

RATOS DA NAÇÃO


O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, afirmou que o esquema de corrupção sustentado pelo PP na Petrobras desviou R$ 357,9 milhões dos cofres da estatal, entre 2006 e 2014, com 161 atos de corrupção em 34 contratos, 123 aditivos contratuais e quatro transações extrajudiciais.

Segundo Janot, o esquema Petrobrás é fruto do loteamento político da estatal, entre partidos de base, promovido pelo planalto para garantir a governabilidade e a permanência no poder a partir de 2004.

O PT controlava a Diretoria de Serviços. O PMDB, controlava a Diretoria Internacional e o PP, controlava a Diretoria de Abastecimento.

Os três partidos controlavam as áreas que concentravam os maiores investimentos na Petrobrás. Cobravam de 1% a 3% de propina.

Blog: Ressarcir o dinheiro, certamente, os partidos não irão. Outro dia a Dona Dilma, conivente com essa bandalheira toda, garantiu o repasse de R$ 819 milhões para o famigerado Fundo Partidário. O dinheiro deveria ser repassado direto para quem foi roubado, ou seja, para a Petrobrás. Lógico, que os responsáveis deverão pagar pelo crime, sendo também responsáveis, as empreiteiras que subornaram e quem assinou a nomeação dos diretores desonestos.

Viver é Perigoso 

10 comentários:

Celem disse...

Zé, outra coisa: o dinheiro do fundo partidário é dinheiro suado dos contribuintes disfarçando o financiamento público das campanhas tão defendido agora por alguns partidos. Como nós, pagadores de impostos, podemos aceitar a distribuição do fundo entre os partidos se não opinamos minimamente na escolha dos candidatos? As convenções partidárias são uma piada. E de mau gosto.
Abs.
Celem

Anônimo disse...

Grande oraculo de Itajuba,uma pergunta de um simples seguidor:qual a diferença entre fake e anonimo?Responda para mim,mestre dos mestres.Aguardo....

Edson Riera disse...

Chapa Branca das 13:04 horas,

O anônimo não é falso.

Zelador

Edson Riera disse...

Celem,

O país está virando uma piada. Atitudes grotescas de políticos em todos os níveis. Quem define os candidatos nas cidades do interior (prefeito e vereadores) é o deputado majoritário na cidade ou região. O cara nem sabe o que acontece e palpita. Nunca soube de nenhum centavo do fundo partidário enviado para Itajubá, exceto do PT.
Grana distribuída para os capos e com certeza, muitos desvios através de marqueteiros.
Não podemos esperar melhoria a curto e médio prazo, uma vez que antes, passaremos pelo caos. A reconstrução, temho esperanças, virá depois.
Abraço,

Zelador

Anônimo disse...



1-Celem, e dai?
2-Anonimo das 13:04 vc é ANÔNIMO ou FAKE? Larga mão de ser bobo meu.
Zelador, haja...

Anônimo disse...

Grande oraculo,e se,atente para a condicional,hipotese remota,muitos dos anonimos forem na verdade seu alter ego,digamos....criaçao de sua mente fertil?Isso seria fake?

Anônimo disse...

Grandissíssimo zelador, quando eras o chefe do PSDB quem cuidava dessas coisas de dinheiro? Quanto veio para a campanha? Quais foram as fontes? Aquele circo que foi comprado para a campanha, consta da prestação de conta de campanha? qual foi a origem daquele dinheiro? O que foi feito com o circo ao final da campanha?
O povo quer saber!!!!

Edson Riera disse...

Anônimo das 13:50 horas,

Você pode procurar informações no Tribunal Eleitoral. As contas foram aprovadas. Já lá vão doze anos.
Mas vou deixá~lo morrendo de curiosidade.
O Zelador não irpa candidatar mais, embora tenha tido quase 15.000 votos. Fique tranquilo e agarre-se na têta.

Zelador

Anônimo disse...

Por acaso você não guardou um cópia tenho interesse em dar uma olhadinha!!

Edson Riera disse...

Anônimo das 09:17 horas,

Coloquei fora tudo o que me lembrava participação na política partidária. Restaram algumas fotos e um santinho da campanha que achei dentro de um livro velho. Mas procurando na internet é capaz de você localizar.
Eu não tenho saco para isso.

Zelador