quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

DESANIMADOR


O dinheiro, dizem, sumiu. O pagamento dos salários dos funcionários públicos mineiros está sendo parcelo. Detalhes para vis mortais.
No Olimpo, ou melhor, na Assembleia Legislativa, o clima segue ameno. 
Todos sabem que morando ou não em Belo Horizonte, os deputados mineiros recebem mensalmente, R$ 4.377,73 disfarçado de auxílio moradia. 
Os abnegados parlamentares recebem, além do salário de R$ 25.322,25, a quantia de R$ 20 mil de verba indenizatória e têm disponíveis R$ 80.015,25 cada para pagar por até 23 funcionários de gabinete comissionados.
Também é permitido que os deputados optem por receber o auxílio como verba remuneratória, neste caso, tendo descontado o imposto de renda, mas sem a necessidade de apresentar comprovante de pagamento.
Esse pessoal vive num mundo de fantasia.
E o povo Ó ! 
Ô Deputado Ullisses Gomes, ajude o pessoal aí dar uma apertada no cinto. O Dalmo eu não cito. Nem é daqui.

Viver é Perigoso

6 comentários:

Anônimo disse...

Os políticos vivem literalmente a "Ilha da Fantasia"

Anônimo disse...

Zelador tucano, O Dalmo é de qual partido?

Edson Riera disse...

Anônimo das 00:34 horas,

Se não mudou, é filiado ao partido do prefeito, dirigido pelo vereador Guadalupe.

Zelador

Anônimo disse...

Não seria esse o principal motivo para você poupá-lo?

Edson Riera disse...

Anônimo das 09:55 horas,

O Deputado é de Ouro Fino e não ouço notícias sobre a sua atuação. Quando estive no partido, tivemos poucos contatos.

Mas não tenho razões para imaginá-lo diferente dos outros políticos.

Zelador

Anônimo disse...

Então não poupa, porque ele tem mais votos em itajubá do que em Ouro Fino.