sábado, 5 de junho de 2021

JOVEM GUARDA


Para quem está chegando agora, Jovem Guarda foi um movimento cultural brasileiro originado na década de 60. Envolvia música, comportamento e moda. Tudo sob influência do Rock and Roll.

Hoje (no atual momento) todos seriam taxados de comunistas, uma vez que o nome do movimento veio do líder russo Lênin: “O futuro pertence à jovem guarda porque a velha está ultrapassada”;

De repente, a Alexia tocou hoje "Festa de Arromba", do Erasmo Carlos, que por sinal, completa hoje os seus oitenta movimentados anos.

A música "Festa de Arromba" descreve uma festa com a presença da TV, rádios e jornais. Letra interessante após 56 anos de sua composição.

Fala dos ídolos musicais daquele momento. Ronnie Cord tomou o barco em 1986, com 43 anos.

Prini Lorez (cover do Trini Lopez) está firme com seus 79 anos.

Meire Pavão tomou o barco em 2008, com 60 anos.

Wanderléa segue bem com seus 75 anos de idade.

Renato e seus Blue Caps, encerrou há tempos suas atividades. O líder Renato Barros, partiu em 2020 com 76.

The Clevers, Jet Blacks, The Bells, The Jordans, ficaram na saudade.

Rosemary segue bonita com 76 anos.

Imaginem: Tony Campello, bem com 85. A irmã Celly partiu em 2003 com 61 anos.

Demetrius foi embora em 2019 com 77 anos. Ed Wilson foi em 2010 com 65 anos, assim como o Rossini Pinto, com 48 anos em 1985.

O Trio Esperança, com Mário, Regina, Evinha e depois Marisa, tem a maioria dos membros morando fora do Brasil.

Na música são citados também os "não tão jovem guarda", Simonal, Jorge Ben e Jair Rodrigues. Simona partiu em 2000, com 62 e Jair Rodrigues em 2014 com 75. O Jorge Ben segue firme com seus 82 anos de muito balanço.

Bom...o Rei Roberto segue liderando com os seus bem vividos 80.

A música passa direto sobre o Jerry Adriani, Eduardo Araujo, Silvinha, Os Incríveis, Ronnie Von, Leno e Lilian, Martinha, Golden Boys, Os Vips

É a vida...

Viver é Perigoso

Nenhum comentário: