quinta-feira, 6 de maio de 2021

RELAÇÕES COMPLICADAS


As relações entre a China e a Austrália têm estado muito tensas desde que o primeiro-ministro australiano, Scott Morrison, pediu no ano passado uma investigação internacional sobre as origens da epidemia de covid-19.

A China, primeiro país afetado pela pandemia, considerou o pedido hostil. Como resultado, no ano passado a China tomou medidas de retaliação econômica contra mais de uma dúzia de produtos australianos, como cevada, carne bovina e vinho.

A China anunciou hoje (6) a suspensão de parte de sua cooperação econômica com a Austrália, decidindo suspender indefinidamente o "Diálogo Econômico Estratégico Sino-Australiano" e "todas as atividades" relacionadas ao acordo.

Com o devido respeito, torna-se oportuno lembrar a brincadeira com a tradicional empáfia de nossos hermanos argentinos:

Después de una consulta dentro del PJ, Argentina envía un mensaje a La Republica Popular China:

"Chinos de mierda: les declaramos la guerra; tenemos 105 tanques, 47 aviones sanos, 4 barcos que navegan y 5.221 soldados".

Los chinos les contestaron: "Acceptamos la declaración; tenemos 18.000 tanques, 1800 aviones, 190 barcos y cinco millones de soldados".

A lo que los Argentinos les contestaron: "Retiramos declaración de guerra. No tenemos suficientes camas para los prisioneros".

Viver é Perigoso

Um comentário:

Anônimo disse...

a empáfia transportou fronteira está num certo habitante de um certo palácio na praça dos 3 poderes em brasília no df e foi parcialmente autorizada como disse um companheiro no domingo enquanto isso nós morremos adoecemos e nos fude...