quinta-feira, 27 de maio de 2021

PRÁ ANALISAR, PENSAR, DISCUTIR E AGIR


Divulgado hoje :

A taxa média de desemprego no Brasil foi de 14,7% no primeiro trimestre do ano. Isso corresponde a mais 880 mil pessoas desocupadas, totalizando 14,8 milhões na fila em busca de um trabalho no país. Essas são a maior taxa e o maior contingente de desocupados de todos os trimestres da série histórica do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), iniciada em 2012. 

Divulgado ontem :

Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados pelo Ministério da Economia nesta quarta-feira (26) apontam que as 164 cidades da área de cobertura da EPTV Sul de Minas, Afiliada Rede Globo, já geraram o dobro de empregos perdidos nos primeiros três meses de pandemia. Conforme levantamento exclusivo do G1, a região chegou a fechar 22 mil postos de trabalho logo nos três primeiros meses da pandemia, mas depois disso, já gerou outros 45 mil.

Saldo de geração de empregos desde início da pandemia

Extrema +4.099
Santa Rita do Sapucaí +2.408
Pouso Alegre +1.847
Campo Belo +1.028
Varginha +843
Caxambu -102
Itaú de Minas -135
São Lourenço -196
Bandeira do Sul -202
Poços de Caldas -1.850

Cidades do Sul de Minas que mais geraram empregos em abril

Monte Belo 473
Santa Rita do Sapucaí 264
Boa Esperança 211
Pouso Alegre 143
Passos 133
Camanducaia 102
Lavras 101
Santa Rita do Sapucaí 95
Alfenas 80
Cássia 76

Cidades que mais geraram empregos em 2021 no Sul de Minas

Santa Rita do Sapucaí 1.838
Pouso Alegre 1.749
Extrema 1.454
Varginha 984
Monte Belo 807
São Sebastião do Paraíso 794
Itajubá 758
Lavras 708
Camanducaia 587
Monte Sião 560


Viver é Perigoso

4 comentários:

ANSELMO disse...

Monte Belo, com seus 13 mil habitantes (sendo 6 mil em zona urbana), continua dando espetaculo.

ANSELMO disse...

O Zelador deveria conhecer.
232km de Itajuba

Edson Riera disse...

Caro Anselmo,

Conheço a sua cidade. E admiro.

Zelador

Anônimo disse...

Rasgação de ceda do c&%a&*!!!!