quarta-feira, 24 de fevereiro de 2021

SOB A LUZ DE VELAS



Quando as pessoas temem o governo, isso é tirania. Quando o governo teme as pessoas, isso é liberdade.

Thomas Jefferson

Viver é Perigoso

MOMENTOS MÁGICOS


"Susie Q" é uma canção do músico Dale Hawkins gravada em 1957. Ele a escreveu com o colega de banda Robert Chaisson.

Quando lançada, Stan Lewis, o dono da gravadora (Jewel/Paula Records) e cuja filha Susan era a inspiração para a música, e Eleanor Broadwater ( esposa do DJ Gene Nobles de Nashville), foram creditados também como parceiros  para terem parte nos direitos autorais.

Hawkins gravou "Susie Q" na estação de rádio KWKH em Shreveport, Louisiana. 

"Susie Q" foi uma canção que capturou o espírito da Louisiana e contou com o trabalho de guitarra de James Burton, que também trabalhou com Ricky Nelson e mais tarde com Elvis Presley, entre outros. 

Há alguma controvérsia sobre se a versão de Hawkins da canção foi um remake de um lançamento de 1939 de uma canção com o mesmo título, "Susie-Q", de Sonny Boy Williamson. 

A versão original de Hawkins também está incluída no Rock and Roll Hall of Fame "500 Songs that Shaped Rock and Roll".

Viver é Perigoso

E NÓS Ó !


Biden escreveu em 15 de janeiro para Eric Lander, do Broad Institute do MIT e Harvard, atribuindo-lhe a missão de mobilizar as lideranças científicas do país para propor recomendações voltadas para as novas estratégias gerais, ações específicas e estruturas aptas a mobilizar o conhecimento em prol da sociedade americana no presente e no futuro.

Primeira Questão:

Instigado pelo drama humano da covid-19, indaga o que é possível alcançar pelo conhecimento para atender aos imperativos da saúde pública e lidar com o bem-estar da sociedade.

Segunda Questão :

Sobre o meio ambiente, indaga como as inovações da ciência e da tecnologia podem encontrar novas e construtivas soluções para enfrentar a mudança climática.

Terceira Questão :

A China vem eclipsando a liderança científica e tecnológica dos EUA e que o futuro do seu país depende da sua capacidade de enfrentar seus concorrentes nos campos que definirão a economia do amanhã.

Quarta Questão :

Diz respeito à equidade e indaga como se pode garantir que os frutos da ciência e da tecnologia sejam plenamente compartilhados por todos os americanos.

Quinta Questão :

Como assegurar a sustentabilidade em longo prazo da ciência e tecnologia nos EUA


Espaço Aberto - Celso Lafer - Prof emérito da USP e ex-Ministro das Relações Exteriores.


Viver é Perigoso

FAZ SENTIDO



Logo após anular a quebra de sigilo bancário e fiscal do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), a quinta turma do STJ (Superior Tribunal de Justiça) iniciou um novo julgamento. “Identificamos problemas de fundamentação na jogada que iniciou o primeiro gol. Por isso, resolvemos anular todos os 7 gols da Alemanha e decretar a vitória brasileira”, explicou o juiz José Roberto Wrong.

Renato Terra

Viver é Perigoso

AGULHA & TESOURA E LINHA




Artistas e artes quase em extinção. Alfaiates.

O mais famoso alfaiate da terrinha, muito devido aos costumes da época, foi Senhor Francesco Ricca. Italiano de Nápoles, que chegou ao Brasil em 1898. Ficou conhecido como Chico Ricca. Alfaiate do Wenceslau Braz e figuras importantes da cidade e região.

Chico Ricca foi quem ensinou a profissão para o jovem Abílio Pizzo.

Outros que marcaram época na profissão: Augusto Salomon, Carmine Fittipaldi, Eucides e Higino e José Miranda, João Leite Mendes e Luiz Chaves.

Além do Sr. Abílio, já são do nosso tempo, O Senhor Zequita Cardoso e seu braço direito, Senhor Anibal. No Morro Chic teve o Senhor Realino e filhos. Na Varginha tinha dois alfaiates, dos bons, especializados em confeccionar fardas.

Eu mesmo, no quarto ano primário, no Colégio de Itajubá, usava farda cáqui (calça e túnica), confeccionadas na Varginha.

Na Boa Vista dominava o Senhor Aristeu Barbosa auxiliado pelo Senhor Mário.

Admirado o alfaiate, vizinho de porta com a Sapataria do Procópio. Ponto de encontro, junto as barbearias do Melinho e do Anibal, no centro nervoso da Boa Vista. Senhor Telmo.

Todos os tratávamos por Sr. Terno. Um carinhoso ajeitamento do seu nome verdadeiro que o sotaque boavistano trazia para Térmo, que pela profissão acabou trazendo para Senhor Terno.

Sr. Telmo. Pai de grandes amigos.

Viver é Perigoso

CRIADOR DE METÁFORAS

                                                               Javier Jaén

A profissão de criador de metáforas visuais funciona mais ou menos assim: os ilustradores recebem ideias de terceiros (que podem ser um texto de jornal, o enredo de uma peça ou o conceito de um festival de música) e, a partir delas, se preocupam com a criação de imagens que os acompanham e resumem de uma forma surpreendente, emocionante e atraente.

El País

Viver é Perigoso

FICOU CLARO ?

 


Viver é Perigoso