sábado, 20 de fevereiro de 2021

CANTINHO DA SALA


                                                             Antonio Bandeira 

Viver é Perigoso

LA DIVINA


Maria Kekília Sofia Kalogerópulu, simplesmente, Maria Callas. O que ainda confunde muita gente: A soprano grega, nasceu em Nova York em 1923. Filha de imigrantes, voltou com sua mãe, em 1937, com 14 anos, para a Grécia.

"La Divina", com um raríssimo tipo vocal classificado como soprano absoluto, despontou para o canto lírico, com 25 anos. Presença marcante nos grandes palcos de ópera do mundo. La Scala, Convent Garden e Metropolitan.

Vida pessoal tumultuada. Apaixonada pelo magnata grego Aristóteles Onassis, que era casado com Athina Livanos. Em 1960, Callas e Onassis, tiveram o filho Omeru Lengrino, que faleceu com um dia de vida. Em 1965 sua carreira entrou em declínio. Onassis a deixou pela Jacqueline Kennedy.

Sua última apresentação na ópera foi Londres, na Tosca ( Puccini ). Voltou a cantar (não em óperas) em 1973. Em Sapporo no Japão (1974), cantou em público pela última vez.

Tomou o barco em Paris em 1977 com 53 anos.

Numa visita a Paris, visitamos o túmulo da La Divina no Cemitério Père Lachaise. Curiosidade: O corpo tinha sido cremado e as cinzas espalhadas nas ondas do Mar Egeu.

Viver é Perigoso


SÓ 29 BILHÕES DE VALOR DE MERCADO



Petrobrás - A empresa perdeu quase R$ 29 bilhões de valor de mercado.

As ações da Petrobrás fecharam em forte queda ontem (19), liderando as perdas do Ibovespa, com a repercussão a ameaças verbalizadas na véspera pelo presidente Jair Bolsonaro diante dos sucessivos reajustes de preços praticados pela petrolífera.

Com isso, a ação preferencial da Petrobras despencou 6,63%, a R$ 27,33, enquanto o papel ordinário recuou 7,92%, a R$ 27,10.

Viver é Perigoso

2020 - O ANO EM QUE VIVEMOS EM PERIGO



Pelo que parece, tem uma família de brasileiros na região onde o vírus (Wuhan) está atuando. Não seria oportuno a gente tirar de lá, com todo o respeito. Pelo contrário, agora não vamos colocar em risco nós aqui por uma família apenas. E mais, se a economia afundar, afunda o Brasil. E qual o interesse dessas lideranças políticas? Se acabar a economia, acaba qualquer governo. Acaba o meu governo. É uma luta de poder. 
Aliás, eu não sou médico, não sou infectologista. O que eu ouvi até o momento é que outras gripes mataram mais do que esta. Entendam, o número de pessoas que morreram de H1N1 é na ordem de 800 pessoas. A previsão é não chegar a essa quantidade de óbitos no tocante ao coronavírus. 
Considerando o meu histórico de atleta, caso fosse contaminado pelo vírus, não precisaria me preocupar, nada sentiria ou seria acometido, quando muito, de uma gripezinha ou resfriadinho.
Tem a questão do coronavírus também que, no meu entender, está superdimensionado, o poder destruidor desse vírus. O brasileiro tem que ser estudado. Ele não pega nada. Você vê o cara pulando em esgoto  e não acontece nada com ele. Eu acho até que muita gente já foi infectada no Brasil, há poucas semanas ou meses, e ele já tem anticorpos que ajudam a não proliferar isso daí.
Sou católico, e minha esposa, evangélica. Estou pedindo um dia de jejum para quem tem fé. A gente vai, brevemente, com os pastores, padres e religiosos, anunciar. Pedir um dia de jejum para todo o povo brasileiro, em nome, obviamente, de que o Brasil fique livre desse mal o mais rápido possível.
No mais, eu não sou coveiro, talkei ? Lamento. Quer que eu faça o quê? Eu sou Messias, mas não faço milagre. Toma quem quiser, quem não quiser, não toma. Quem é de direita toma cloroquina. Quem é de esquerda toma Tubaína. 
Muita gente tem morrido em casa, não vai ao hospital porque tem medo de pegar o vírus. O pânico também mata. O que eu posso falar para todo mundo, eu já dizia no passado e era criticado, esse vírus é como uma chuva, vai atingir você.
Vocês não entraram na conversinha mole de 'fica em casa'. Isso é para os fracos." o uso da hidroxicloroquina, que, mesmo não tendo ainda comprovação científica, salvou a minha vida e, como relatos, a de milhares de brasileiros.
Tem que acabar com esse negócio. Lamento os mortos, todos nós vamos morrer um dia. Não adianta fugir disso, fugir da realidade, tem que deixar de ser um país de maricas. 
Eu não posso falar como cidadão uma coisa e como presidente outra. Mas como eu nunca fugi da verdade, eu te digo: eu não vou tomar vacina. E ponto final. Se alguém acha que a minha vida está em risco, o problema é meu.  Na Pfizer, está bem claro no contrato: 'nós não nos responsabilizamos por qualquer efeito colateral'. Se você virar um jacaré, é problema de você. Não vou falar outro bicho aqui para não falar besteira. Se você virar o super-homem, se nascer barba em alguma mulher aí ou um homem começar a falar fino, eles não têm nada a ver com isso. 
A pandemia realmente está chegando ao fim. Os números têm mostrado isso aí.

Viver é Perigoso

COMO FICARIA ISSO ?


Para concessão de uma nova rodada de auxílio emergencial, possivelmente, com valor das par celas limitado a R$ 250 e custo total de R$ 30 bilhões, a equipe econômica calcula que a medida de contrapartida seria dada com o congelamento dos salários dos servidores até o fim do deste ano para União, Estados e Municípios.

Pois bem, tramita na Câmara Municipal de Itajubá o Projeto de Lei Nº 4.508/2021 (12/2/2021), que dispõe sobre a revisão da remuneração dos Servidores Públicos Municipais.

Qual das medidas seria adotada primeiro ?

Viver é Perigoso


TONALIDADE DOMINANTE

 


Enquanto o General Joaquim Silva e Luna manda dar um brilho no coturno para tomar posse na presidência da Petrobrás, o General Joaquim Francisco Ferreira, passa Kaol nas estrelas para assumir a presidência de Itaipu.

O General Pazuello continua firme promovendo incertezas na saúde.

Segue resmungando no Gabinete de Segurança Institucional, o General Augusto Heleno, enquanto o General Costa Lima cuida do Ministério de Minas e Energia.

Ah ! o General Mourão faz ginástica nos aparelhos recém adquiridos no Palácio do Jaburu.

Em destaque o General Braga Neto, Chefe da Casa Civil, hoje, carne e unha com o pessoal do Centrão, segue acomodando interesses diversos, muitos deles, com certeza, não republicanos.

Dar Ordem Unida aos superiores hierárquicos, talvez fosse o sonho de consumo (realizado) do Tenente forçado a se reformar como Capitão.

Em tempo: O General Luna leva junto com ele para a Petrobrás, os coronéis Áureo Ferreira e Ricardo Bezerra.

É a vida...

Viver é Perigoso