quinta-feira, 21 de janeiro de 2021

AGUARDEM

Maravilha. A Índia liberou e está a caminho do Brasil, 2 milhões de unidades da vacina AstraZeneca/Oxford. Imagina-se que o medicamento será distribuído imediatamente pelo País. Seguirão as aplicações dentro das ordens de prioridades definidas (exceto alguns furos de fila patrocinados por políticos).

Coronavac e Oxford conviverão juntas nas mesmas geladeiras ou caixas de isopor. 

Situação possível de acontecer, similar aos frequentes questionamentos que aconteciam no passado no Bar Caçador, na Boa Vista, é claro:

A cerveja é Brahma ou Antartica ? Casco escuro ? 

Chinesa ou indiana ? coronadória ou bolsovac ?

Quem faz a propaganda ? Zeca Pagodinho ou Mussum ?

Essa não, obrigado.

Ou melhor: a que tiver eu traço.

Viver é Perigoso

LÁ E AQUI


Deu no New York Times

"Pessoal, acabamos de sobreviver a uma barbaridade realmente louca: quatro anos de um presidente sem vergonha, apoiado por um partido sem força de vontade, amplificado por uma rede sem integridade, que vomitava teorias de conspiração mentirosas, levadas diretamente aos nossos cérebros por redes sociais sem ética - tudo isso aquecido por uma pandemia impiedosa. É impressionante que o nosso sistema não tenha explodido, pois o país realmente se parecia com um motor gigante superaquecido..."

Thomas L. Friedman - Editorialista

Deu no O Estado de São Paulo

"Está claro para um número cada vez maior de cidadãos que Jair Bolsonaro não reúne mais condições de continuar na Presidência e que sua permanência no poder põe em risco a vida de incontáveis brasileiros em meio à pandemia de covid-19, em razão de sua ignominiosa condução da crise. O mais inepto presidente da história pátria só se segura no cargo, do qual jamais esteve à altura, porque ainda não foram reunidas as condições política para o seu afastamento constitucional... "
Editorial

Viver é Perigoso

CONSTATAÇÃO


Verdade: muitos dos comentários dos camaradas leitores do "Viver é Perigoso", são mais esclarecedores do que a postagem que os provocou.

Admito: Muitos levam o Zelador a repensar, procurar informações adicionais e até realinhar pensamentos.

Grato

Viver é Perigoso

LIVRO, PRESENTE DE AMIGO

 


Não deixa de ser atual. A figura de Julio de Mesquita Filho é o tema de Irredutivelmente Liberal: Política e Cultura na Trajetória de Julio de Mesquita Filho (Albatroz Editora) - 480 págs.

Trata-se da edição em livro da tese de mestrado em diplomacia defendida no Instituto Rio Branco pelo diplomata Roberto Aldo Salone, que, por dois anos, pesquisou livros, jornais e revistas e ouviu, simultaneamente, pessoas que conviveram com Julio de Mesquita Filho, para traçar o seu perfil e mostrar a luta de seu jornal, O Estado de S. Paulo, contra as arbitrariedades de governos ditatoriais.

JMF esteve exilado por duas vezes. A primeira depois de lutar na Revolução Constitucionalista de 1932 ( o Dr. Theodomiro Santiago foi junto) e a segunda após o golpe do Estado Novo, de 1937.

Julio de Mesquita Filho foi, entre os dois exílios, o coordenador da fundação da Universidade de São Paulo. 

Rompeu com a Revolução de 1964, que havia apoiado, ao perceber que os generais não iam restaurar a democracia. Amargurado com a publicação do Ato Institucional nº 5, parou de escrever editoriais, em 13 de dezembro de 1968, sete meses antes de morrer. 

Disse certa vez JMF para um jovem jornalista:

"Se você tiver dúvida a respeito e uma notícia, não a publique. Se não tiver, mas tiver medo das consequências, também não a publique. Mas nesse caso abandone a profissão. O jornalismo não foi feito para covardes."

Viver é Perigoso

NO CASO DE "GORPE"

 

Viver é Perigoso

RELATÓRIO

Cotas parlamentares (2020) dos deputados mais presentes no Sul de Minas.

Odair Cunha (PT) - R$ 380.254,66

Dimas Fabiano (PP) - R$ 343.173,56

Bilac Pinto (DEM) - R$ 249.257,41

Falando de verba de gabinete (2020)

Odair Cunha - R$ 1.317.666,42

Dimas Fabiano - R$ 1.223.496,78

Bilac Pinto - R$ 984.600,03 

Viver é Perigoso

AsneiRAS


"O estado de calamidade pública é a antessala do estado de defesa”. Aras

Viver é Perigoso


LINHA DURA


A China anunciou nesta quarta-feira (20),logo após a posse do democrata Joe Biden, sanções contra 28 funcionários do governo do ex-presidente dos Estados Unidos Donald Trump, incluindo seu secretário de Estado, Mike Pompeo.

Em um comunicado, o ministério das Relações Exteriores disse que, nos últimos anos, “alguns políticos anti-China nos Estados Unidos, movidos por interesses políticos egoístas e preconceituosos contra a China, ofenderam o povo chinês e perturbaram seriamente” a relação entre Washington e Pequim.
 
Além de Pompeo, estão na lista o agora ex-assessor comercial Peter Navarro, o ex-conselheiro de Segurança Nacional Robert O'Brien, o ex-subsecretário para o Leste Asiático e Assuntos do Pacífico David Stilwell, o ex-secretário de Saúde Alex Azar, a ex-enviada na ONU Kelly Craft , o ex-conselheiro de Segurança Nacional John Bolton e o ideólogo de extrema direita Steve Bannon.

Com a medida, esse grupo, assim como seus familiares próximos, fica proibido de entrar na China continental, em Hong Kong e em Macau. Além disso, também estão impedidos de fazer negócios com o país asiático, assim como qualquer empresa ou instituição ligadas a eles.

Blog: Em tempo, pela participação na luta armada durante a ditadura, principalmente pela participação, de uma forma ou de outra, no sequestro do embaixador Charles Elbrick em setembro de 1969, alguns brasileiros não podem entrar nos Estados Unidos. Um deles é o jornalista Fernando Gabeira.

Viver é Perigoso